Ano de São José: o coração de um pai amado

Ano de São José: o coração de um pai amado

No ano dedicado a São José, alguns traços da paternidade do pai adotivo de Jesus são tema de reflexões publicadas mensalmente em nosso site. O Papa Francisco nos ajuda a identificá-los por meio da Carta Apostólica Patris Corde”, publicada para celebrar os 150 anos da declaração de São José como Padroeiro da Igreja.

Neste dia 19 de maio, nosso tema de reflexão é São José como um pai amado. Em sua carta, o Santo Padre destaca que o pai adotivo de Jesus sempre foi amado pelo povo cristão. Como prova, podemos encontrar o grande número de igrejas, congregações e institutos religiosos a ele dedicados.

“Muitos Santos e Santas foram seus devotos apaixonados, entre os quais se conta Teresa de Ávila que o adotou como advogado e intercessor, recomendando-se instantemente a São José e recebendo todas as graças que lhe pedia; animada pela própria experiência, a Santa persuadia os outros a serem igualmente devotos dele. Em todo manual de orações, há sempre alguma a São José.” (PC 1)

 

Um pai amado

São José, como pai amado, é exemplo de paternidade para todos os que assumem esta missão na família. Como exemplo, trazemos o testemunho de Cleverson Martins Teixeira, pai e Diácono Permanente, que exerce a vocação paternal em uma dupla dimensão: a família e a comunidade.

Diác. Cleverson e sua família no dia da Ordenação Diaconal (Foto: arquivo pessoal)

“São Paulo VI faz notar que a paternidade  de São José se exprimiu, concretamente, ‘em ter feito da sua vida um serviço, um sacrifício, ao mistério da encarnação e à conjunta missão redentora; em ter usado da autoridade legal que detinha sobre a Sagrada Família para lhe fazer dom total de si mesmo, da sua vida, do seu trabalho; em ter convertido a sua vocação humana ao amor doméstico na oblação sobre-humana de si mesmo, do seu coração e de todas as capacidades no amor colocado ao serviço do Messias nascido na sua casa’.” (PC 1)

> Leia também

São José: no coração do Papa, no coração da Igreja
Ano de São José: O coração de um pai trabalhador
Ano de São José: O coração de um pai na ternura 
Ano de São José: O coração de um pai na obediência
Ano de São José: um pai que acolhe

Por Pedro Colatusso, da Redação Jovens Conectados

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email