Juventude Missionária reúne jovens de todo o Brasil no Distrito Federal

Publicado em 14 de janeiro de 2020 Por Seja o primeiro a comentar!

Jovens de todos os cantos do País que atuam nos grupos da Juventude Missionária (JM), atividade da Pontifícia Obra da Propagação da Fé se reunirão para celebrar os 15 anos de existência da JM no Brasil e viver uma experiência missionária juntos às comunidades de Planaltina/DF.

O I Congresso Missionário Nacional e a V Missão Sem Fronteiras vão reunir mais de 200 participantes, entre os dias 15 e 19 de janeiro. Com o tema “Batizados e enviados: as juventudes em missão no mundo”, os eventos buscam fortalecer a identidade da JM, favorecendo a comunhão dos grupos, bem como, o protagonismo juvenil.

Pe. Badacer Neto, secretário da Obra da Propagação da Fé, destaca que as expectativas são positivas para acolher as lideranças da JM nesta semana. “Esperamos que o carisma e a identidade da JM sejam fortalecidos, para que os jovens possam retornar para suas localidades contribuindo de forma mais eficaz na vivência da animação missionária. O clima é de alegria e de partilha da vivência de fé”, destacou o secretário.

Pe. Maurício Jardim, diretor das Pontifícias Obras Missionárias, fala sobre a história de 15 anos de protagonismo da Juventude Missionária no Brasil. “Quero agradecer essa vivência da JM no Brasil, que vem desencadeando processos de reflexão e formação. Estamos com esse encontro em Planaltina concluindo o percurso definido pelo Plano Trienal (2017-2020). O importante é desencadear processos de formação integral, de acompanhamento às juventudes, de articulação, missão e espiritualidade. O tema deste congresso quer recuperar o Mês Missionário Extraordinário, de outubro de 2019. É uma alegria neste tempo do magistério do Papa Francisco, que convida toda a Igreja a estar em saída, celebrarmos esse congresso e a Missão Sem Fronteiras, nos 15 anos de caminhada da Juventude Missionária” lembrou Pe. Maurício.

Missão Sem Fronteiras
Em sua quinta edição, a experiência Missão Sem Fronteiras vai ganhar as ruas de Planaltina, através de vistas às comunidades, realização de oficinas e colaboração em projetos locais. É a oportunidade dos jovens manifestarem, do seu jeito, atitudes que promovam a inclusão e a transformação social.

Em seu histórico, a Missão Sem Fronteiras visa fortalecer o vínculo e a interação entre os jovens de todo o Brasil. Para essa experiência escolhe-se uma realidade do país onde os jovens possam realizar visitas, formações e oficinas missionárias. O projeto já foi realizado em Contagem/MG em 2019, Viamão/RS em 2018, Itapebussu/CE em 2017, e Ananindeua/PA em 2016. Em 2020, o projeto acontece em Planaltina/DF, nas Paróquias de Santa Rita, Nossa Senhora de Nazaré e São Vicente.

A jovem Mariana Moreira, do Rio Grande do Norte, participou da Missão Sem Fronteiras de 2019 e destaca a experiência vivida. “A partilha da amizade e da solidariedade enriquece os momentos vividos. Cada um pode trazer aquilo que carrega consigo e partilhar com os outros. A gente se constrói com a experiência de cada um”, lembrou a jovem.

Acolhida e missa de abertura
Os mais de 200 jovens serão acolhidos nas famílias de Planaltina. O processo de preparação acontece há mais de 4 meses e envolve lideranças de diversos grupos e comunidades. A missa de abertura será realizada nesta quarta, 15 de janeiro, às 20h, na Paróquia Santa Rita de Cássia.

A missa de encerramento, que acontece no domingo, 19 de janeiro, às 9h, será presidida por Dom Sérgio da Rocha, bispo da Arquidiocese de Brasília.

Por: POM.org.br

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais