Símbolos da JMJ peregrinam pela capital do Espírito Santo

Publicado em 18 de março de 2013 Por Seja o primeiro a comentar!

No dia 13 de março (quarta-feira) a Arquidiocese de Vitória (ES) recebeu os símbolos da Jornada Mundial da Juventude, o evento começou às seis da manhã na cidade de Fundão/ES e prosseguiu em carreata até a capital Vitória.

Aproximadamente dez mil jovens participaram deste momento de fé, unidade e esperança. O Bote Fé Vitória ficou marcado pelo dia em que o cardeal Jorge Mario Bergoglio foi eleito como Papa Francisco, era por volta das 15h (Hora da Misericórdia) quando os jovens subiam o Convento da Penha em via-sacra com os símbolos da Jornada Mundial e chegou a noticia que havia saído fumaça branca e o Papa havia sido escolhido.

O Bote Fé Vitória (ES) teve ainda, missas, shows com a Banda Rosa de Saron, Banda Sementes e Banda Bem Aventurada. Na madrugada de quarta para quinta-feira aconteceu no ginásio do Colégio Marista em Vila Velha (ES) uma Vigília de Adoração por toda a juventude que se prepara para à Jornada no Rio de Janeiro em julho de 2013.

A coordenadora do evento, Deidilaura Teixeira, contou que o momento superou as expectativas. “Quando começávamos a nossa subida ao Convento, ainda nos preparando para rezar a via sacra, veio a notícia: Habemus Papam! Justamente quando padre Anderson dizia pra rezarmos pela escolha do novo Papa. Foi uma festa imensa, com cantos e alegria”, contou.

Depois, em meio a essa emoção, a juventude capixaba seguiu com a Cruz e o ícone de Nossa Senhora para o Colégio Marista, ainda em Vila Velha, onde o Bispo Auxiliar de Vitória, Dom Rubens Sevilha, presidiu outra missa solene, com a animação do Ministério Água Viva. Em seguida o Bote Fé recebeu a banda paulistana, Rosa de Saron, que encantou os fiéis de todas as idades, com suas novas e antigas canções de sucesso.

Encerrando a programação, os símbolos da JMJ foram levados pelos jovens até o ginásio do colégio, para uma vigília, durante a madrugada, repleta de oração, adoração, agradecimento, alegria e entrega a Jesus. Após a vigília, os jovens se despediram dos símbolos, que se dirigiram à Diocese de Cachoeiro de Itapemirim, às 3h do dia seguinte.

Segundo a estudante de serviço social, Francislene Del Puppo, o momento foi marcado pela emoção. “Não há como descrever a emoção de ter, em terras capixabas, a Cruz que João Paulo II abençoou, e nos designou a levá-la a todos os cantos como sentinelas”, ressaltou Francislene.

Já o padre da paróquia de Cobilândia, Werbson Beltrame, lembrou a importância da Cruz, como nossa ressurreição e de nossa Mãe Maria, que contagiou muitos que estiveram presentes. “Momento esse que faz com que a juventude exerça aquilo que é próprio dela: a alegria e o entusiasmo de ser cristão”, disse.

Na madrugada de quinta-feira às cinco da manhã os jovens Felipe Gaudio, Ana Luiza, Deidilaura Teixeira e Rômulo Benha entregaram os símbolos à Diocese de Cachoeiro de Itapemirim encerrando assim o Bote Fé Vitória que ficou marcado para toda a juventude presente no evento.

Por Rômulo Benha, Jéssica Cardoso e Michelly Mariano
Discípulo da Comunidade Católica Epifania

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais