Entrevista: reunião pré-sinodal foi momento de graça

Publicado em 26 de Março de 2018 Por Seja o primeiro a comentar!
Padre João Chagas acompanhou durante toda a semana a reunião pré-sinodal e afirma: o trabalho continua!

Jovens entregam ao Papa documento conclusivo da reunião pré-sinodal

Um momento de grande graça: assim o responsável pelo Setor Juventude do Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida, Pe. João Chagas, define o empenho, a seriedade e o entusiasmo com os quais os jovens participaram da reunião pré-sinodal realizada na semana passada.

Em entrevista ao Vatican News, Pe. João Chagas ressalta, porém, que mais importante do que o documento final produzido pelos participantes, foi o processo que se criou, que irá muito além do próprio Sínodo de outubro próximo:

Foi realmente um momento de grande graça, onde – apesar das diferenças – havia uma grande comunhão, uma grande sintonia, uma grande unidade entre todos os participantes, um desejo de colaborar também, uma grande alegria por sentir e perceber que a Igreja os escuta. Posso dizer que o documento final, que foi produzido pelos jovens, é um documento que procura expressar a variedade das posições que ali existiam e que existem também na sociedade. Não é um documento de doutrina, mas que procura expressar muito da realidade dos jovens de hoje, algumas pistas que podem ser lançadas para novos caminhos que o Espírito pode estar suscitando na vida dos jovens. E muito mais que um documento, que um texto, aquilo que é mais importante são os processos que vão se iniciando, que vão se criando, os processos que vão envolvendo a vida de muitas pessoas. Com certeza esses jovens saíram desse encontro muito inflamados e vão levar essa chama para seus países, para todos os ambientes onde eles vivem e atuam.

Pe. João Chagas comenta a homilia do Papa Francisco no missa do Domingo de Ramos e conclui a entrevista com uma exortação:

“ Queridos jovens do Brasil e os que trabalham com a juventude, fiquemos muito atentos a esse processo que continua do Sínodo até outubro e que depois continuará com mais força ainda. ”

Fonte: vaticannews.va

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais