Em Brasília, CPJN e Equipe de Comunicação se reúnem para planejar ações de Evangelização

Publicado em 12 de setembro de 2016 Por Seja o primeiro a comentar!
jc

Membros da Coordenação Nacional de Pastoral Juvenil e da Equipe Jovem de Comunicação

A Coordenação da Pastoral Juvenil Nacional (CPJN) e a Equipe Jovem de Comunicação, que fazem parte da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude (CEPJ), reuniram-se neste último final de semana (09 à 11), para avaliarem os trabalhos realizados durante o primeiro semestre deste ano e planejarem as próximas ações de evangelização das juventudes no Brasil. A reunião, que aconteceu em Brasília, no Centro de Capacitação Missionário, contou com a coordenação do Padre Toninho, assessor nacional da juventude.

Além de momentos em comum, as duas equipes puderam separadamente, discutir sobre suas atuações nas atividades realizadas pela CEPJ em 2016 e também avaliarem os seus trabalhos específicos de evangelização.

Os jovens da CPJN refletiram sobre a construção do projeto Rota 300, o desenvolvimento da Romaria Nacional da Juventude e a participação dos brasileiros na JMJ 2016, em Cracóvia, Polônia. “Posso expressar que a reunião foi muito proveitosa. A pauta teve um peso importante no que diz respeito ao projeto de evangelização das juventudes”, disse Iago Ervanovite, representante da PJE na CPJN.  A coordenação trabalhou ainda no planejamento da Romaria que acontecerá em Abril do próximo ano e do encerramento do Rota 300, que será em Julho de 2017.

Duas prioridades foram assumidas pela Equipe de Comunicação: a mobilização para o curso de Pós-graduação (Latu Sensu) em acompanhamento de adolescentes e jovens, que será realizado em janeiro de 2017 e a divulgação do “DOCAT”, o novo título da coleção YOUCAT, que trata da Doutrina Social da Igreja, numa linguagem jovem. Para João Rigobelo, novato na equipe, a reunião foi uma oportunidade de conhecer melhor o trabalho e entender a dinâmica de serviço dos Jovens Conectados. “Pude perceber a riqueza de dons e profissionalismo que tem dentro dos Jovens conectados”, afirmou Rigobello.

O encerramento da reunião aconteceu no domingo, com as orientações para os próximos trabalhos da Comissão Episcopal para a Juventude. Durante a manhã foi escolhida a nova coordenação da Equipe de Comunicação. Com a saída de Felipe Rodrigues, Juliene Barros assumirá a função de coordenadora.

Novos “Eméritos” nas equipes

img-20160912-wa0042

Noite de despedida: Felipe Rodrigues, um dos novos eméritos, com Padre Toninho.

Os jovens voluntários que já passaram pela Equipe de Comunicação são carinhosamente chamados de “eméritos”. Este grupo ganhou mais membros neste fim de semana. Além de Felipe Rodrigues, mais três pessoas deixaram a equipe: Maria Amélia (equipe de jornalismo), Lívia Tamíres (equipe de Marketing) e Aline Paggy (equipe de redes sociais).

Também na Coordenação da Pastoral Juvenil Nacional quatro jovens se tornaram “eméritos”: Anderlon Mendes (represente das Novas Comunidades) Aline (representante de PJ),  Maurício Stanzani (representante das Congregações) e Valesca Montenegro (representante dos movimentos).

 

Estudo do Documento 105 na reunião

img-20160912-wa0044

Os participantes estudaram o documento e depois apresentaram em plenária os resultados das discussões.

As temáticas tratadas no documento 105 da CNBB (Cristãos Leigos e Leigas na Igreja  e na sociedade – Sal da terra e luz do mundo) foram refletidas na reunião. Os jovens da Coordenação Nacional e da Equipe de Comunicação, puderam discutir sobre a atuação dos leigos na Igreja do Brasil, que são “verdadeiros sujeitos eclesiais corresponsáveis pela nova evangelização, tanto na Igreja como no mundo” (Documento 85, nº2)

“Este documento é muito importante para nós. O Papa Francisco vem resgatar o papel de cada batizado, que desempenha uma missão na Igreja. Cada batizado é Igreja!”, disse Padre Toninho, encerrando a plenária de debates sobre o documento.

Por Maurício Alves

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais