Copa JMJ 2019 de futebol terá jovens brasileiros

Publicado em 22 de janeiro de 2019 Por Seja o primeiro a comentar!

Diversos jovens prometem representar bem o futebol brasileiro na JMJ Panamá. Como parte da programação do Festival da Juventude, haverá uma competição de futsal: a Copa JMJ 2019. O torneio acontecerá na quarta-feira, 23 de janeiro.

Segundo o Comitê Organizador Local da JMJ, o objetivo desta ação “é unir os jovens do mundo através de uma atividade esportiva que será mais para compartilhar do que competir; uma ocasião para desenvolver os valores do trabalho em equipe, do companheirismo, do esforço, do respeito, da honestidade e da colaboração”.

Quando o pernambucano Hélio José da Silva, de 27 anos, soube que a disputa aconteceria e estavam abertas as inscrições, aproveitou que fazia parte de um grupo em uma rede social com os jovens que iriam à JMJ para já articular a participação brasileira.

“Acompanhei a Jornada Mundial em Cracóvia e lá o Papa Francisco disse que os jovens devem levar o testemunho de fé também para o esporte, que é uma forma de comunhão por uma meta. Com esse torneio temos como competir de forma sadia, com respeito, de estar juntos. Perguntei quem gostaria de participar da Copa porque a gente está indo viver a JMJ intensamente e tudo que ela nos proporcionará”, conta.

Cada time tem oito jogadores, sendo que dois são reservas, mas que necessariamente precisão entrar em campo, e são formados por jovens de diferentes países. Ao todo, são esperados 512 jovens, entre homens e mulheres, que formarão 64 equipes. As partidas terão a duração de 20 minutos e seguem as regras da FIFA para futsal. Os jogos serão simultâneos em um sistema de eliminação. Os quatro melhores times receberão uma premiação.

“Os times mistos são interessantes porque evitam que haja uma disputa por país, mas que joguemos por diversão”, conta o brasileiro Hélio, que terá como parceiros de time jovens da Argentina, Peru, México, Costa Rica, Equador, Nicarágua e Suíça.

“Claro que queremos e temos o objetivo de vencer a Copa, mas o importante é vivenciar a experiência da saúde corporal através do esporte na JMJ, levando a alegria aos torcedores e aos jovens de todas os países ali reunidos no Panamá”, conta o jovem Vagner Soares Maranhão, da Arquidiocese de Goiânia (GO).

Durante a JMJ no Rio de Janeiro, em 2013, Papa Francisco disse sobre a importância do esporte como referência para o próprio viver cristão. “O campo, para além de ser um lugar de sementeira, é lugar de treinamento. Jesus nos pede que o sigamos por toda a vida, pede que sejamos seus discípulos, que joguemos no seu time. A maioria de vocês ama os esportes. Queridos jovens, que vocês sejam verdadeiros atletas de Cristo!”, disse o pontífice aos jovens.

Por Adilson Jorge/ Jovens Conectados

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais