Caminhada e Corrida: Alternativas práticas contra o Sedentarismo

Publicado em 15 de Janeiro de 2018 Por Seja o primeiro a comentar!

Caminhada e Corrida: Alternativas práticas contra o Sedentarismo

Caminhar e correr são atividades recomendadas para as pessoas que querem sair do sedentarismo. Porém não bastam somente um par de tênis, roupas leves e local apropriado para se iniciar a prática.

O primeiro passo é passar por uma avaliação física e médica para ser avaliado e não correr riscos, pois ao contrário, a prática pode gerar muitos danos à saúde. Após a liberação médica, uma orientação de um Profissional de Educação Física é o indicado, pois só ele poderá prescrever um programa de forma adequada e progressiva.

Antes de começar a caminhar ou correr, um breve aquecimento se faz necessário, pois através dele preparamos nossas musculaturas e articulações para a atividade. Um breve alongamento também é positivo, principalmente envolvendo membros inferiores e tronco.

Tanto na caminhada, como na corrida, respeitar nossos limites se faz necessário. Através da percepção do fôlego, conseguimos controlar a intensidade ideal da atividade. Se ao caminhar ou correr você chegar a ficar ofegante demais, significa que a atividade está muito intensa. O ideal é que durante a prática você consiga falar ou cantarolar.

Dicas para quem pretende iniciar uma caminhada ou corrida:

– Se você esta muito tempo parado ou nunca praticou atividade física, inicie sempre com caminhada.

Nas 2, 3 semanas iniciais, 30 minutos de três a quatro vezes por semana.

A medida que você vai sentindo que a caminhada fica mais confortável, deverá aumentar a intensidade, número de vezes ou o tempo da mesma, podendo chegar até os 60 minutos. Porém o ideal é ir aumentando gradativamente, dos 30 minutos ir para os 40 e assim sucessivamente.

– Se você já caminha e quer começar a correr, poderá alternar a caminhada com trotes, ou seja, a cada 3 minutos de caminhada, realiza-se 1 minuto de trote.

Conforme for ficando mais confortável a prática, pode ir aumentando o tempo de trote, realizando 3 de caminhada, por 2 de trote e ir progredindo aos poucos.

Caso queira aumentar a intensidade e iniciar uma prática de corrida, deve consultar um profissional de Educação Física, para que o mesmo possa lhe orientar qual a forma mais segura para a progressão da atividade, evitando assim riscos para a saúde.

Angelo Viana de Lima – Personal Trainer

Qualidade de vida e saúde em primeiro lugar

CREF: 069299-G/SP

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais