Jovens da Diocese de Juazeiro (BA) realizam encenação da Via Sacra

Publicado em 19 de abril de 2017 Por Seja o primeiro a comentar!

No dia 07 de abril (sexta-feira), foi realizada a Via-Sacra da Juventude da Diocese de Juazeiro, norte da Bahia, apresentada em forma de encenação e meditação. A Via-Sacra, que foi organizada pela juventude católica do grupo Canto do Zéka com o apoio do Setor Diocesano da Juventude (SDJ) de Juazeiro, aconteceu após a Missa das 18h, na Catedral Santuário Nossa Senhora das Grotas. A Via-Crúcis saiu da Catedral e terminou na Comunidade São Geraldo, no bairro São Geraldo.

Antes de começar a apresentação, Dirlene Lima, que faz parte da Paróquia Santo Antônio, estava aguardando com muita ansiedade para ver a Via-Sacra em forma de encenação e meditação. “Eu tenho certeza que vai ser uma benção”, disse Dirlene. Durante o trajeto, muitas pessoas rezaram, cantaram e se emocionaram, uma delas, foi Raimunda Brito, da Catedral Santuário Nossa Senhora das Grotas, que acompanhou a Via-Sacra toda. “Na minha opinião, foi uma benção, porque a gente reviveu os passos de Jesus, foi muito emocionante. Foi tão emocionante, que eu não estava mais nem aguentando ficar perto. Foi muito linda!”, falou Raimunda.

“Eu creio que foi uma experiência muito bonita, muito positiva. Graças a Deus não saiu com tom de espetáculo, mas com tom de oração. As pessoas, elas rezavam o percurso, elas cantavam, elas se condoíam pela dor do Cristo e acho que isso é muito importante”, afirmou o referencial do Setor Diocesano da Juventude, Diácono Diego Monteiro.

“É a primeira vez que a juventude faz uma Via-Sacra (em forma de encenação e meditação) aqui na nossa Diocese, e poder contemplar a felicidade, a oração das pessoas que nos acompanharam, foi muito importante”, disse a jovem Luna Sacha Cunha, que faz parte do grupo Canto do Zéka, e vivenciou Maria. “Para mim foi muito gratificante, creio que não só para mim, para todos os jovens que participaram, para todos que acompanharam o trajeto da Via-Sacra. Creio que para o próximo ano, nós teremos que repetir. É uma forma de mostrar a dor e os sentimentos que Jesus passou e sentiu durante seus últimos dias de vida”, ressaltou o jovem Alisson Weslei Laranjeira, que participa do grupo Jovens Caminhando com Cristo e do Canto do Zéka, e vivenciou Jesus Cristo na Via-Sacra.

O Diácono Diego Monteiro aproveitou para agradecer a todos que participaram e incentivaram a Via-Sacra e convidou a todos para a décima quinta Estação que vai acontecer dia 06 de maio na Lagoa do Calú, na Páscoa Jovem, evento organizado pelo SDJ.

Por Equipe de Comunicação do Setor Diocesano da Juventude

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais