Sábado Santo e então o silêncio…

Publicado em 11 de abril de 2020 Por Seja o primeiro a comentar!

Depois da condenação e morte dolorosa de Jesus, o silêncio.

A Igreja se recolhe para meditar os fatos acontecidos e esperar que a vitória seja anunciada. É dia de reflexão e de oração. Dia de meditar quão profundo é o amor de Deus por nós em entregar seu próprio Filho para nossa redenção. Quão grande é a bondade, a misericórdia, a coragem de Jesus em doar-se todo inteiro a nós. “… transpassou-lhe o lado com a lança e imediatamente saiu sangue e água” (Jo 19,34).

A dolorosa paixão e o imenso amor de Deus nos deixam abismados e faz-nos silenciar para acolher em nossa vida a salvação oferecida gratuitamente. A dolorosa paixão também nos provoca a olhar ao lado e contemplar o Cristo que ainda sofre no doente, no excluído, no jovem sem estudo e sem trabalho, nas vítimas da violência, nos famintos, nas famílias em luto…

O silêncio nos convida a examinar nossa consciência e pensar em como temos correspondido a este amor tão grande. O amor de Deus é pura gratuidade, mas o que se sente amado e salvo, não pode não amar, deseja retribuir. Na oração, no serviço à Igreja, na imitação de Cristo manso e humilde de coração, na caridade para com os pobres e com todos os que sofrem podemos corresponder concretamente ao Seu amor.

Sábado Santo é dia de meditar, rezar e preparar-se para celebrar a alegria da ressurreição de um jeito que verdadeiramente nos renove, nos transforme em pessoas mais humanas, em jovens mais solidários com o sofrimento da humanidade e capazes de sair de si mesmos para ser protagonistas da mudança.

Silencie, deixe-se amar pelo Senhor, agradeça e peça a graça de ressuscitar com Ele vencendo o orgulho, o egoísmo, o comodismo, os julgamentos levianos… Silencie e reze. Deixe-se amar e transformar por Ele.

Quer saber mais sobre a Semana Santa? Você é convidado a acompanhar e a celebrar a Semana Santa com o Jovens Conectados. As reflexões, as orações e os propósitos desta campanha, irão lhe ajudar a mergulhar no mistério maior da nossa fé, que é a Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo. Convide os jovens de seu grupo, pastoral, movimento ou comunidade para também abraçarem esta iniciativa, que trará muitos frutos para a nossa espiritualidade e vivência de fé!

Acompanhe nas redes sociais: Instagram | Facebook | Twitter | Youtube

Por Ir. Valéria Andrade Leal, assessora nacional da Comissão Episcopal Pastoral para a juventude – CEPJ

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais