Primeiro presidente da Comissão para Juventude toma posse da Diocese de Jaboticabal

Publicado em 22 de junho de 2015 Por Seja o primeiro a comentar!
Foto: Fernando Geronazzo.

Foto: Fernando Geronazzo.

Quando se perguntava aos habitantes de Jaboticabal, no interior de São Paulo, o nome do novo bispo, eles não hesitavam: “Dom Eduardo”. O natural seria confundir com o antecessor, Dom Antônio Fernando Brochini. Mas o salesiano parece ter cativado de tal forma o povo da cidade que seu nome já causava alegria, acima da novidade. Os habitantes de Jaboticabal contam que já rezavam pelo bispo, mesmo sem saber quem seria o novo pastor da igreja local.

E depois de tanta expectativa e do anúncio do último dia 22 de abril, finalmente, neste domingo (21) o primeiro presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude da CNBB (CEPJ) e até então bispo auxiliar de Campo Grande (MS), Dom Eduardo Pinheiro da Silva, tomou posse na nova diocese numa celebração eucarística que reuniu autoridades eclesiais e civis, religiosos, seminaristas, familiares e leigos de Jaboticabal. Fiéis de Campo Grande também o cumprimentaram, além de amigos do bispo de todo país.

A Catedral de Nossa Senhora do Carmo pode ser vista de longe, e os sinos já anunciavam desde cedo que Deus ali estaria. E foi pelas mãos do novo bispo que Cristo se fez presente na manhã de ontem. A celebração parou o centro da cidade.

Quinto bispo diocesano de Jaboticabal e já se referindo aos fiéis e ao clero como “irmãos e filhos”, Dom Eduardo disse sentir que Deus o quis na diocese e, por isso, afirma ter a reta intenção de acertar a vontade d’Ele, para realizar Seus desígnios nessa diocese, sobretudo com os jovens.

Após um momento de grande emoção na homilia, o bispo, ao mencionar o nome da cidade, descontraiu: “Jabuticabas ainda não as encontrei, mas já sinto em vocês a doçura da fruta que, cultivada com zelo e paciência, produz-se em enorme quantidade. É uma fruta genuína do Brasil, nascida das jabuticabeiras. Faz lembrar a simplicidade da vida em que somos plantados; relembra-nos a água do batismo para que a gente dê frutos”.

Dom Eduardo em oração diante da imagem de Nossa Senhora do Carmo.

Dom Eduardo em oração diante da imagem de Nossa Senhora do Carmo.

Dom Eduardo destacou ainda que, ao se contemplar uma jabuticabeira carregada de frutos, cada um pode recordar duas coisas: a unidade para se cultivar com Deus, como a jabuticaba no tronco, por onde passam nutrientes; e a unidade com os irmãos, a quem Deus nos confia para amar e servir”. Ao final da homilia, o bispo se ajoelhou diante da imagem de Nossa Senhora do Carmo, padroeira da diocese, e rezou.

Para o jovem de Jaboticabal e membro da Coordenação da Pastoral Juvenil Nacional, Maurício Stanziani, a juventude da cidade espera de Dom Eduardo o que ele traz em seu lema: “Chamo-vos amigos”. “Que ele seja não apenas um bispo, mas um pai e acima de tudo um amigo e, assim, nos permita também chamá-lo de ‘amigo’. Que ele tenha cada um de nós, jovens de nossa diocese, pessoas para quem possa dizer: ‘chamo-vos amigos’”, exclamou.

Vida e missão

Natural de Lins (SP), Dom Eduardo nasceu no dia 20 de janeiro de 1959. É filho de Francisco Pinheiro da Silva e Elvira Martins Pinheiro da Silva. Aos 23 anos, ingressou no Seminário de Filosofia, em Lorena (SP). Concluiu Teologia no Instituto Teológico Pio XVI, em 1990. Já sua ordenação presbiteral ocorreu no dia19 de janeiro de 1991.

Ainda como sacerdote, ocupou cargos de formador e diretor salesiano, assessor da pastoral juvenil, assessor da Pastoral da Juventude no regional Oeste 1, vigário paroquial de Campo Grande (MS) e pró-reitor do extensão e ação comunitária da Universidade Salesiana de São Paulo (Unisal).

Dom Eduardo possui mestrado em Ciências da Educação pelo Universidade Pontifícia Salesiana, em Roma, e especialização em Pastoral Juvenil e Catequese. Em sua trajetória no episcopado, tem acompanhado diferentes atividades e projetos de evangelização com a juventude do Brasil, como a nomeação para referencial do Setor Juventude da Comissão Episcopal Pastoral para o Laicato da CNBB.

Contudo, em maio de 2011, por decisão da 49ª Assembleia Geral da CNBB, a Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude foi criada a partir deste Setor Juventude e seu primeiro presidente foi Dom Eduardo. Ele permaneceu no mandato até abril deste ano, quando, durante a 53ª Assembleia Geral, em Aparecida, os bispos de todo Brasil elegeram o bispo de Caxias do Maranhão, Dom Vilsom Basso, como presidente da CEPJ.Um dos momentos marcantes na vida de Dom Eduardo como referencial da juventude foi em maio de 2007. No estádio do Pacaembu, em São Paulo, no encontro do Papa Bento XVI com os jovens, ele manifestou o desejo da Igreja e jovens brasileiros para que uma edição da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) acontecesse no Brasil.

No último dia 22 de abril, o Papa Francisco nomeou Dom Eduardo como bispo de Jaboticabal (SP). Ele foi nomeado bispo em 02 de março de 2005 e tem como lema episcopal “Chamo-vos amigos”. É autor do livro “Vida: um projeto em construção”, lançado em julho de 2013.

Por Felipe Rodrigues e Gracielle Reis


Leia mais
Comissão para a Juventude da CNBB tem nova composição

Primeira Comissão para Juventude se despede em clima de unidade e fraternidade

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais