Pastoral Juvenil Samaritana: celebrar a misericórdia com ações de Compaixão!

Publicado em 19 de abril de 2020 Por Seja o primeiro a comentar!

Instituída oficialmente pelo Papa João Paulo II em 30 de abril de 2000, a Festa da Divina Misericórdia passou a ser celebrado todos os anos no segundo domingo do Tempo Pascal. A Celebração foi sobretudo idealizada em vista da propagação das mensagens de Jesus à Santa Faustina Kowalska (1905-1938), religiosa polonesa que presenciara aparições do próprio Cristo, nas quais Ele sempre falou sobre sua misericórdia para com a humanidade.

A experiência de Santa Faustina com Jesus misericordioso está registrada em seu diário pessoal. Tal testemunho, segundo o Papa João Paulo II, precisava ser transmitida ao novo Milênio, “a todos os homens, para que aprendam a conhecer cada vez melhor o verdadeiro rosto de Deus e o verdadeiro rosto dos irmãos”.

Ações de Compaixão que ajudam a ser “todo misericórdia”

Santa Faustina afirma em seu diário que “o meu verdadeiro repouso seja a disponibilidade para com o próximo”.  Com base nesse trecho, gostaríamos de lembrar da campanha “10 ações de Compaixão”, lançada em março pela Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude – CEPJ visa gestos simples, mas de grande importância, para serem realizados  durante o período de prevenção contra a pandemia COVID-19, provocada pelo novo Coronavírus.

Para intensificar esse período de cuidado com o próximo, gostaríamos de propor uma caminhada como uma Pastoral Juvenil Samaritana. Dom Nelson Francelino, presidente da CEPJ, convida as juventudes do Brasil para rezarem e cumprirem estas ações de compaixão:

“Essa é hora dos jovens se unirem e invocar o poder de Deus sobre toda esta situação. Esta iniciativa, é pra gente se unir, somar forças e invocar o poder de Deus sobre toda esta realidade de pandemia que vem assustando todo o nosso Brasil, o mundo inteiro de modo geral”, afirmou.

Nesse período vamos aprofundar alguns tópicos:

  • Ajudar as pessoas idosas (oferecer para fazer compras, etc);
  • Levar alimentos aos moradores de rua;
  • Fazer campanhas para os asilos: material de limpeza e higiene pessoal;

A prática da solidariedade é inerente à vida e aos ensinamentos cristãos como um chamado permanente para olhar as realidades de vulnerabilidade e, principalmente, os necessitados. Não é um olhar de desprezo como o daqueles que passaram pelo caminho e foram indiferentes à dor e sofrimento daquele homem que foi atacado por assaltantes, mas um olhar bondoso e repleto de caridade como o que teve o bom samaritano. “Viu, sentiu compaixão e cuidou dele” (Lc 10, 33-34).

Sabemos que muitas comunidades, paróquias e dioceses realizam muitos trabalhos de promoção da dignidade humana e também ações de solidariedade com pessoas em situação de vulnerabilidade social há muitos anos. Por isso, a Igreja do Brasil convoca todas as pessoas de bom coração, especialmente, as expressões jovens, para que se somem às iniciativas já em curso ou promovam novas ações de solidariedade nesse momento tão difícil da vida humana.

Jovens em ação

Os “Jovens Por um Mundo Unido” do Movimento dos Focolares, da região de São Paulo, encabeçaram a campanha e criaram o slogan ‘Nada impedirá o amor’ por meio de uma Vakinha online destinada a compras de materiais de higiene e cesta básica para aqueles que estão mais vulneráveis nessa situação de crise global.

Para intensificar as doações, o grupo conta com a ajuda de um talentoso artista  que criará um retrato personalizado para quem doar valores acima de R$100! Todo o valor arrecadado será doado para 2 instituições: O Arsenal a Esperança , que acolhe 1200 pessoas em situação de rua, na Mooca, em São Paulo; E a ONG Afago-SP, que atende 280 crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, no Jardim Pedreira, Zona Sul de São Paulo. Os jovens tem realizado bate-papo on line e lives para divulgar a iniciativa.

Convide os jovens de seu grupo, movimento, comunidade e pastoral para praticarem estas ações. A unidade na realização destes atos, fará uma grande diferença neste tempo de espera e prevenção.

Se você já estiver realizando alguma ação e gostaria de nos contar, escreva para: noticias@jovensconectados.org.br

Contamos com vocês! Baixe aqui os materiais de divulgação e faça sua parte hoje.

Por Maurício Lucena, Valesca Montenegro e Layla Kamila, redação Jovens Conectados.

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais