Papa Francisco assinará Exortação Pós-Sinodal dos Jovens dia 25 de março

Papa Francisco assinará Exortação Pós-Sinodal dos Jovens dia 25 de março

 

A espera está chegando ao fim! O Vaticano divulgou neste domingo, dia 24, que o Papa Francisco assinará a Exortação Apostólica Pós-Sinodal do Sínodo dos Jovens no próximo dia 25 de março em uma viagem à cidade italiana de Loreto, que fica na região de Marche, província de Ancona, lugar de grande peregrinação mariana em razão do Santuário da Santa Casa de Loreto.

A visita ocorrerá no dia que a Igreja celebra a Solenidade da Anunciação do Senhor. Segundo o diretor interino da Sala de Imprensa da Santa Sé, Alessandro Gisotti, a intenção do Santo Padre é “oferecer à Virgem Maria a Exortação Pós-Sinodal” sobre a juventude. O momento central da visita será a Missa na Santa Casa de Loreto na qual ao final assinará a documento pontifício.

Com o tema “Os jovens, a fé e o discernimento vocacional”, o sínodo aconteceu em outubro de 2018 no Vaticano com representantes da Igreja de todo o mundo e também diversos jovens, que puderam contribuir de forma significativa com os trabalhos sinodais.

Ao final do sínodo, foi entregue ao Santo Padre o documento final do trabalho sinodal, que tem como fio condutor a passagem do Evangelho de Lucas sobre os discípulos de Emaús. “Caminhava com eles”, “Eles abriram os olhos” e “Partiram sem demora” são os títulos de cada uma das três partes do texto. Clique aqui para acessar o documento na íntegra.

O Parágrafo 119 do documento final foi elaborado com a íntegra da emenda feita por Dom Vilsom Basso, presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude da CNBB e bispo de Imperatriz/MA, que afirmou que precisava ser colocado que “a Igreja Católica faz opção pelos jovens. E essa opção requer tempo, pessoas e recursos financeiros”. Com isso, Igreja afirma o jovem como sua opção.

 Do Brasil, além de Dom Vilsom Basso, participaram do encontro Dom Eduardo Pinheiro, SDB, Bispo de Jaboticabal/SP, Dom Jaime Spengler, Arcebispo de Porto Alegre (RS) e presidente para a Comissão Episcopal para os Ministério Ordenados e a Vida Consagrada, Dom Gilson Andrade, Bispo coadjutor de Nova Iguaçu, o jovem Lucas Galhardo, do Movimento Schoenstatt e Membro da Coordenação Nacional da CEPJ, e o Cardeal Sérgio da Rocha, bispo da Arquidiocese de Brasília e Presidente da CNBB, que foi o relator geral do sínodo.

por Adilson Jorge, do Jovens Conectados, com informações de Vatican News.

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email