Maria Voce é reeleita presidente do Movimento dos Focolares

Publicado em 12 de setembro de 2014 Por Seja o primeiro a comentar!
Maria Voce (ao centro), com jovens do Movimento dos Focolares

Maria Voce (ao centro), com jovens do Movimento dos Focolares

A italiana Maria Voce foi reeleita hoje à presidência do Movimento dos Focolares, função que já vinha sendo desempenhada por ela desde julho de 2008, quando foi escolhida como sucessora da fundadora Chiara Lubich. Os Focolares nasceram há cerca de 70 anos em Trento (norte da Itália), durante a Segunda Guerra Mundial.

Então com pouco mais de 20 anos, Lubich e suas companheiras decidiram consagrar sua vida à vivência do Evangelho e deram início a um movimento de difusão do amor ao próximo como ideal de vida que se espalhou por todo o mundo e conquistou adeptos para além do catolicismo.Também conhecida como Emmaus, Voce foi reconduzida ao cargo neste 12 de setembro, durante a Assembléia Internacional dos Focolares, composta por cerca de 500 pessoas dos cinco continentes e representativa da diversidade de vocações (leigos, consagrados, famílias, religiosos, padres, freiras) e gerações (crianças, jovens e adultos) que compõem o Movimento. Também participaram como convidados focolarinos de igrejas cristãs não-católicas, fiéis de grandes religiões não-cristãs e pessoas de convicções não-religiosas.

A decisão foi tomada através de um longo processo de diálogo e colaboração que passou por quatro votações sucessivas. Após as três primeiras, realizadas ontem (11), o processo eleitoral foi interrompido para que todos os candidatos e eleitores dialogassem e manifestassem suas impressões sobre o percurso feito até aquele momento. Após a pausa reflexiva, a quarta e última votação confirmou o resultado moral alcançado pela comunhão entre os presentes, concendendo a Voce um segundo mandato.

Ela aceitou a nomeação, confirmada via fax pelo cardeal Stanislaw Rylko, presidente do Pontifício Conselho para os Leigos, e sublinhou, em suas primeiras declarações, a importância do empenho comunitário para dar continuidade ao trabalho desenvolvido nos seis primeiros anos de mandato. Na tarde de hoje deve ocorrer a votação do co-presidente, bem como dos membros do Conselho Central dos Focolares.

*Com informações de Città Nuova.

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais