Mais de mil jovens participaram do DNJ em Sobral (CE)

sobral_dnj

Participaram também do DNJ as comunidades católicas Marana-tá, Rainha da Paz, Shalom, Vinho Novo, Coração de Maria, Anawin, Nova Jerusalém, Renascer, Novo Ardor, Juventude Mariana Vicentina, Juventude Franciscana, Projeto Juventude, Seminaristas Diocesanos e Franciscanos e a Pastoral da Juventude do Meio Popular.

O DNJ 2012 teve início com uma acolhida as caravanas e café partilhada na entrada da cidade de Coreaú, no Ginásio Poliesportivo. As caravanas vindas de todas as regiões da Diocese foram acolhidas ao som da canção Nova Geração, de Pe. Zezinho, que marcou a peregrinação da Cruz da JMJ e do Ícone de Nossa Senhora no Bote Fé Sobral, em fevereiro deste ano. Logo após, a juventude assumindo o discipulado e a missionariedade de Jesus, saíram em caminhada pelas ruas de Coreaú.

O momento foi marcado por muita oração, animação e pelo abraço fraterno que os jovens externaram aos moradores da cidade num belo clima de alegria, missão e caridade cristã. A caminhada seguiu até a Escola Vilebaldo Aguiar, onde foi realizada a Celebração Eucarística presidida por nosso Bispo Dom Odelir e concelebrada por Pe. Lucione (Paróco de Coreaú), Pe. Marcones (Área Pastoral de Caiçara), Pe. Diniz (Padre Referencial da Comissão Pastoral para a Juventude), Pe. Zenóbio (Pároco da Paróquia de São Paulo Apóstolo) e Pe. Marcos Neves (Pároco da Paróquia de Frecheirinha).

Durante a celebração Dom Odelir enfatizou a importância de se celebrar em comunhão com o DNJ 2012, o Dia Mundial das Missões. Também aproveitou a oportunidade para frisar a importância da unidade entre a diocese, representada pelas 27 paróquias presentes, comunidades católicas, movimentos e pastorais. Exortou também, que essa Igreja que é jovem, deve atentar cada vez mais para a necessidade da missão Ad Gentes. E, citou o exemplo da Itália que é um país menos populoso que o nosso, mas que tem mais de 16 mil missionários espalhados por todo o mundo. No final da santa missa foram distribuídos cerca de 500 Catecismos jovens da Igreja Católica (YouCat) para os presentes.

Oficinas
Dando continuidade ao DNJ, os jovens foram divididos em oficinas que abordaram os seguintes temas: Espiritualidade (Seminaristas franciscanos), Missão(Diácono Lucas), Rumo a JMJ Rio 2013 (Claudian), Artes (Robério Cavalcante), o Carisma da Unidade (Tiago Batista – Focolarino), Vocações (Seminaristas Diocesanos), Afetividade (Otaviano Neto -Netin – Rainha da Paz), Liturgia (Pe. Lucione), Campanha Nacional Contra a Violência e o Extermínio de jovens (Reinaldo– PJMP) e Economia Solidária (Socorro – Cáritas).

Foi feito um intervalo durante as oficinas e servido o almoço que foi partilhado pela Paróquia de Nossa Senhora da Piedade. Logo após, a Banda Metanóia, formada por Jovens da Paróquia de Groaíras, animou os jovens fazendo daquela tarde de domingo, um grande momento de louvor, animação e celebração da vida da nossa juventude. Após o show foi feita uma breve partilha das oficinas e, dando destaque ao lema do DNJ 2012 “Que vida vale a pena viver?”, os jovens da Paróquia do Patrocínio e da cidade de Moraújo realizaram duas apresentações de teatro.

A Paróquia do Patrocínio buscou retratar a força que encontramos ao ter Jesus como principal referência em nossas vidas, fazendo-nos capazes de quebrar qualquer algema que nos impeça de uma verdadeira comunhão com Deus. Os jovens do grupo Sementes da Esperança de Moraújo apresentaram a esquete “Máquina Humana”, fazendo um convite a todos os presentes no DNJ para não se deixarem manipular enquanto máquinas, mas sim assumirem sua condição de protagonistas de uma verdadeira transformação para o nosso mundo, rumo à construção do reino.

Logo em seguida, os jovens do grupo JUC, responsáveis pela coordenação local do DNJ na Paróquia de Coreaú, entregaram as paróquias participantes uma lembrança do DNJ 2012. Após este momento recebemos o nosso Vigário Episcopal da Região do Vale do Coreaú, Pe. Emmanuel Franklin. O DNJ 2012 foi encerrado no final da tarde com a alegria da banda Swingueira de Cristo (Que é formada por jovens da cidade Sobral), que levou a nossa juventude a um verdadeiro encontro com a alegria de Jesus Cristo.

Sobre o DNJ
O Dia Nacional da Juventude (DNJ) propôs neste ano o estudo e a celebração do tema “Juventude e vida” e lema “Que vida vale a pena ser vivida?”, tendo como iluminação bíblica o Evangelho de João 10,10: “Eu vim para que todos tenham vida”.

O DNJ 2012 buscou aprofundar um estudo sobre a realidade juvenil à luz da Campanha da Fraternidade de 2013 que abordará a questão da juventude. Foi buscado fazer uma reflexão sobre as principais problemáticas que atingem a juventude e dando destaque as sementes de esperança que são semeadas nos diversos cantos de nosso país pelas intervenções que brotam das inúmeras experiências que tem como foco a evangelização juvenil.

A partir da realidade iluminada pela Palavra de Deus foi buscado promover a superação da violência, que tem como principal vítima os jovens, promovendo uma cultura de paz que vise a ressignificação de valores e a construção de projetos de vida pautados nos princípios da igualdade, solidariedade e fraternidade.

O DNJ é parte de um todo que busca a dignidade do jovem; ele celebra as lutas anuais dos/as jovens organizados por todo o Brasil; é a maior mobilização dos jovens católicos no Brasil e em nossa diocese, concentrando multidões de jovens que buscam novas relações de vida pautadas na justiça social, no poder popular, na legitimidade da diversidade, no protagonismo juvenil, na educação libertadora e na construção da paz.

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email