Jesus no Litoral invade as praias do Maranhão

Publicado em 2 de janeiro de 2016 Por Seja o primeiro a comentar!

10404913_549654895202619_4856159773457787667_n

200 missionários das 12 dioceses do Maranhão estão inscritos na 6ª edição da missão Jesus no Litoral (JNL) – Uma Virada Radical. O evento acontece nos dias 27 de dezembro a 2 de janeiro , sempre nas praias da capital do estado, São Luís (MA), que é a segunda maior extensão litorânea do país.

Além das atividades esportivas de dança, teatro e toda evangelização, os missionários irão realizar duas grandes ações de pedido pela paz, uma nos quatro principais terminais de integração da cidade (Cohama, Cohab, São Cristovão e Praia Grande) e uma Caminhada, no dia 1º de janeiro, na Avenida Litorânea. Toda programação será gratuita e aberta ao público.

Nesse ano, o JNL traz como principal diferencial a mudança na abordagem durante o querigma, proposta com base na avaliação feita na Conferência para Líderes Jovens do Ministério Jovem (MJ), em Brasília. “O que muda basicamente é a questão do tempo da missão. Abolimos o tempo de ‘até 3 minutos’ e também reavaliamos a construção feita no querigma. Antes, tínhamos uma sequência na hora de anunciar o querigma: amor de Deus, pecado e salvação, fé e conversão, pedido do Espírito Santo e Comunidade”.  explica o coordenador da 6ª edição do JNL e assessor de missão do MJ RCC-MA, Antônio Cunha Filho.

As crianças também terão a experiência querigmática, com a ação do Ministério para as Crianças, que participará mais uma vez da missão, com a versão do “Menino Jesus no Litoral – Maranhão”.

Novas frentes de missão, na 6ª edição JNL

1936499_549654835202625_5769087700724342828_nUma das propostas da missão é deixar uma marca na cidade, de que a juventude católica em missão passou por ali e quis ser protagonista da história, propondo e comprometendo-se com as mudanças necessárias para uma sociedade mais justa, pacífica e solidária. Nesse sentido, em 2015, a missão JNL elegeu duas novas frentes de missão: os quatro principais Terminais de Integração, em São Luís – Cohab, Cohama, São Cristovão e Praia Grande e uma Caminhada pela Paz, no dia 1º de janeiro, na Avenida Litorânea, encerrando com uma missa no Dia Mundial da Paz.

“Nesse ano nossa cidade foi impactada com um grande número de assaltos e latrocínios nos transportes coletivos de São Luís. A maioria das vítimas eram jovens assim como a maioria dos infratores também. E essa realidade se estende em todo o estado. Queremos pedir para Deus, nossa verdadeira Paz (Ef 2,14), que nos conceda atitudes conciliadoras e derrame sobre os maranhenses, sobretudo sobre os jovens, a paz tão necessária em nossos dias, sinal do Amor de Deus nos corações”, enfatiza o coordenador do Ministério Jovem RCC-MA, Fernando Rocha.

A ação nos terminais será simultânea e consistirá em querigma, abordagem de teatro e benção feita por um sacerdote.

Missionários do Amoralt

Além do impacto na cidade e estado, a missão Jesus no Litoral traz como frutos espirituais para a RCC e para a Igreja, servos mais dedicados e comprometidos com o Reino. Os jovens, mesmo os de pouca idade, voltam para suas cidades e Grupos de Oração com uma visão ampliada da missão e sobre sua importância como protagonista de um mundo melhor, a partir do anúncio do Reino de Deus.

Assim foi com a atual coordenadora diocesana do Ministério de Comunicação Social (MCS) da RCC Bacabal, Elane Aquino, que ano passado participou da missão como missionária e membro do MJ Bacabal: “Chegamos em uma casa e uma mulher nos recebeu na porta da casa, com a filha. Quando começamos a conversar ela começou a chorar, emocionada e abraçar a criança. Isso me marcou bastante pois o que fizemos foi algo muito simples, falamos que Deus a amava e cantamos pra ela. Depois disso, voltei com uma alma mais missionária para minha diocese”, testemunha Elane.

Observando os frutos dessas transformações, a coordenadora diocesana da RCC Bacabal, Maria Salgueiro, se inscreveu como missionária da 6ª edição do JNLRCCMA. Ela resolveu acompanhar os jovens nessa aventura querigmática em terras ludovicenses e promete, no próximo ano, levar mais missionários de sua diocese.

Por RCC-MA

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais