Deixe o Espírito Santo iluminar o seu interior

Publicado em 8 de junho de 2016 Por Seja o primeiro a comentar!

Esp

Deserto vem do latim, desertu, que significa desabitado, despovoado, onde não vive gente, lugar solitário, solidão. O povo de Deus caminhou pelo deserto por quarenta anos. Em outro momento, o próprio Jesus foi conduzido pelo Espírito ao deserto.

Vemos em textos bíblicos que Jesus sempre procurou ficar a sós para falar com Deus. O deserto do qual falamos aqui não é esse lugar desabitado, solitário, não é ausência de vida, não é cemitério de presenças que passaram, ou areia movediça que o vento arrasta e recolhe sem ordem, sem rumo.

O deserto é o lugar do encontro com Deus e consigo mesmo. Ir ao deserto, parar, a fim de encontrar-se com a própria alma e com Deus, que fez dela Sua morada. Ver a Deus, viver em Sua presença, é o desejo profundo e persistente de toda alma. A solidão a chama, o silêncio a atrai, o deserto a conquista.

Falamos de um deserto que vive, que pulsa, que canta. É a presença do Deus vivo e três vezes Santo que envolve e vivifica. O Espírito Santo nos leva a descobrir essa presença de Deus, que nos chama a uma intimidade profunda, pois Ele quer se relacionar conosco.

Não tenha medo de ir para o deserto como fez Jesus, não tenha medo de estar na presença de Deus. Deixe o Espírito Santo iluminar o seu interior para revelar a sua verdade e dissipar aquilo que não é vontade de Deus para a sua vida.

Deixe o Espírito Santo ajudar você a conhecer o Senhor. Este “conhecer” não é apenas conhecê-Lo intelectualmente. Trata-se de uma experiência e um avivamento.

Uma tocha ou vela acesa não é luz para si mesma, mas é para os outros. Que o Senhor reinflame em cada um o carisma que existe em nós.

 

Por Monsenhor Jonas Abib, Fundador da Comunidade Canção Nova

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais