Decida-se pela santidade

Publicado em 3 de março de 2014 Por Seja o primeiro a comentar!

As pessoas hoje andam na indecisão. Mesmo os que estão na Igreja, que receberam a graça da efusão no Espírito Santo, estão como passarinhos, saltando de galho em galho, entre Deus e o pecado. O Senhor foi claro: não dá para servir a dois senhores.

Ao recorrer a outros senhores que não a Deus na esperança de encontrar soluções para o casamento, as finanças, as doenças, estamos nos contaminando e aqueles com quem convivemos e amamos. Devemos renunciar a isso, confessar e ser libertados.

Não deixe para depois. Se você estava nos caminhos de Deus, é hora de reforçar essa aliança: se já tinha enfraquecido, retome a fé; e se estava longe de Deus, desanimado, aproxime-se, seja bem-vindo. Aceite-o como Salvador.

Imagine que você está se afogando em um rio sujo, enlameado, e o Senhor joga uma corda para salvá-lo. O que você faz? Despreza a corda? Não, você se agarra a ela, por já não aguentar a correnteza. É hora de você se agarrar à corda que Jesus lhe joga e deixar que Ele o salve. Isso é que significa aceitar Jesus como Salvador.

O Senhor está usando de misericórdia. Mas sua segunda vinda está próxima. Isso significa que se não nos apressarmos em nossa santificação, e em levar a salvação aos outros também, seremos pegos de surpresa.

Suponhamos que você vá a um jardim e, entre uma porção de flores, escolha algumas para fazer um arranjo. As flores escolhidas por você são santas. “Escolhidas” e “santas” são a mesma coisa. Nós, da mesma forma, fomos escolhidos por Deus para o seu arranjo. Somos santos. Isso significa que somos bonzinhos, perfeitos? Não, mas escolhidos. E santidade, portanto, é vivermos como escolhidos, como selecionados do Senhor.

Por: Monsenhor Jonas Abib

Fundador da Comunidade Canção Nova e presidente de honra da Fundação João Paulo II, mantenedora do Sistema Canção Nova de Comunicação, em Cachoeira Paulista (SP). É um dos religiosos que mais se destacou utilizando os meios de comunicação na ação evangelizadora da Igreja Católica, na América Latina. Autor de 48 livros, Cd´s e DVD´s, além de várias palestras em áudio e vídeo.

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais