«Vacinar-se é um ato de amor», afirma o Papa Francisco

«Vacinar-se é um ato de amor», afirma o Papa Francisco

Francisco apela à vacinação de todos numa campanha internacional

O Papa Francisco participa na campanha internacional “It’s up to you”, promovida pelo “Ad Council” e pela “COVID Collaborative”, com o objetivo de promover a confiança na vacinação contra a Covid-19. Numa mensagem vídeo, o Papa Francisco afirma que “vacinar-se é um ato de amor”.

Com espírito fraterno, uno-me a esta mensagem de esperança por um futuro mais luminoso. Graças a Deus e ao trabalho de muitos, hoje temos vacinas para nos protegermos da Covid-19. Elas trazem esperança para acabar com a pandemia, mas só se estiverem disponíveis para todos e se colaborarmos uns com os outros.

Vacinar-se, com vacinas autorizadas pelas autoridades competentes, é um ato de amor. E ajudar a que a maioria da gente o faça, é um ato de amor. Amor a si mesmo, amor aos familiares e amigos, amor a todos os povos. O amor também é social e político, há amor social e amor político, é universal, sempre transbordante de pequenos gestos de caridade pessoal, capazes de transformar e melhorar as sociedades.

“Vacinar-se é uma forma simples mas profunda de promover o bem comum e de cuidar uns dos outros, especialmente dos mais vulneráveis. Peço a Deus que cada um possa contribuir com seu pequeno grão de areia, seu pequeno gesto de amor. Por menor que seja, o amor é sempre grande. Contribua com estes pequenos gestos para um futuro melhor”, diz o Santo Padre.

Com o Papa Francisco, participam na campanha cardeais, arcebispos e bispos do continente americano.

Fonte: Vatican News

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email