Reunião dos Padres referenciais para a juventude: partilha e formação para a evangelização juvenil!

No último dia 23, aconteceu, de forma online, a reunião dos 18 padres referencias da juventude, dos Regionais da CNBB. O encontro contou a presença do Monsenhor Antônio Luiz Catelan, que falou sobre a juventude como lugar teológico, a centralidade do querigma e ainda, sobre o caminho sinodal, a partir da Cristus Vivit. Estiverem também presentes na reunião Dom Nelson Francelino, presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude, a Ir. Valéria Leal, assessora interna da CEPJ e Pe. Antonio Ramos, assessor externo da CEPJ.

 

Para o Padre Alcindo Martins, referencial do Regional Leste 1, encontrar-se neste tempo de pandemia e distanciamento social, mesmo que virtualmente, “é sempre algo muito bom, ainda mais com pessoas,  irmãos e irmã de caminhada, que partilham conosco o sonho da evangelização da juventude no Brasil”.

Vivi a expectativa deste encontro para rever irmãos e me aprofundar na missão juvenil. A assessoria do Mons. Antônio foi preciosa. Muito claro e objetivo em suas pontuações e contribuições, ele nos levou a visitar textos eclesiais, destacando a juventude como realidade e lugar teológico, com profunda espiritualidade e expressão da gratuidade pastoral da Igreja. Nessa altura, destacou pontos da Christus Vivit, onde Deus ‘toca a juventude’, pois um dia também foi jovem em Jesus, tornando-se assim a fonte da melhor juventude. Um segundo passo foi falar sobre o querigma como primeiro e qualitativo anúncio, que na exortação pós sinodal aos jovens manisfestou-se no seu exercício (Ele te ama, Ele te salva e Ele vive), tornando-se a experiência fundamental que todo jovem deverá fazer em sua vida e missão. Por fim falou-nos do caminho sinodal tão evidenciado pelo Papa Francisco em sua missão à frente da Igreja. Sem dúvida a pastoral juvenil sinodal é uma reposta nestes novos tempos para libertá-la de esquemas ineficazes, que não entram em diálogo com a cultura atual dos jovens. Em sua reflexão, Monsenhor Antônio, procurou pontuar e caracterizar esta sinodalidade em relação às juventudes Aberto depois a contribuições, os participantes puderam ponderar pontos e fazer perguntas sempre pertinentes, particularmente  à missão entre os jovens e seus desafios. Houve grande interesse dos participantes e, com certeza, todos saíram mais enriquecidos pela formação e fortalecidos pra missão. (Padre Alcindo Martins).

Traçando olhares para cada um dos jovens!

O Padre Paulo Marcos, referencial da juventude no Regional Nordeste 3, afirma que este momento de encontro e formação, foi importante para se “traçar olhares para cada um dos jovens”, a luz da Cristus Vivit. “Ficou muito nítido que, no tempo presente, no tempo de pandemia, a juventude tem assumido um lugar primordial em nossas comunidades”, afirmou. Confira o testemunho do Padre Paulo Marcos, sobre a reunião:

Nesta terça-feira, 30, acontecerá a reunião dos Bispos referenciais da juventude, que também refletirão sobre os temas referentes a evangelização dos jovens, partilhados no encontro dos padres.

Por Maurício Lucena, da redação dos Jovens Conectados.

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email