Quais as razões para celebrar o Dia da Amizade?

Publicado em 19 de julho de 2019 Por Seja o primeiro a comentar!

“Amigo é coisa para se guardar 

Debaixo de sete chaves 

Dentro do coração 

Assim falava a canção que na América ouvi”

 

Os famosos versos escritos por Milton Nascimento e Fernando Brandt, na “Canção da América” são considerados um hino sobre a amizade. Mas qual o motivo em celebrar esta data?

 

 

A origem dessa celebração vem de uma proposta da ONU para promover a “Cultura de paz e não violência” durante a Assembleia Geral realizada no dia 27 de abril de 2011.

Em muitos países o Dia Internacional da Amizade é comemorado no dia 30 de julho. Brasil, Uruguai e Argentina comemoram no dia 20 de julho.

A escolha da data foi impulsionada pelo médico paraguaio Ramón Artemio Bracho, fundador da “Cruzada Mundial da Amizade”, campanha que visava à difusão da cultura de paz ao realçar a importância da boa convivência entre os povos. Todo dia 30 de julho o médico conclamava paraguaios a reunirem-se para realizar diversas atividades sociais e culturais, com o propósito de oferecer ajuda mútua, fortalecendo assim os valores da amizade.

Este sentimento é considerado um dos mais nobres, e traz consigo valores como solidariedade, compreensão mútua, caridade e reconciliação – valores também ensinados a todos os cristãos.

Em uma de suas catequeses, o Papa Bento XVI destacou: “Essa é uma característica dos santos: cultivam a amizade, porque é uma das manifestações mais nobres do coração humano e tem em si algo de divino, como Tomás mesmo explicou em algumas questões da Summa Theologiae, na qual ele escreve: ‘A caridade é a amizade do homem com Deus em primeiro lugar, e com os seres que a Ele pertencem’.”

 

‘A amizade cuja a fonte é Deus, nunca se esgota’ dizia Santa Catarina de Sena.

 

Com informações do artigo “Dia Internacional da Amizade” – Revista Brasil Escola.

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais