Pastoral Juvenil marca presença na I Reunião Internacional de delegados episcopais para a JMJ2023

Publicado em 15 de outubro de 2020 Por Seja o primeiro a comentar!

A Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude do Brasil foi convocada pelo Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida, para participar da I Reunião Internacional de delegados episcopais para a Jornada Mundial da Juventude 2023. Layla Kamila, articuladora da equipe de comunicação da Pastoral Juvenil – Jovens Conectados- e Ir. Valéria Leal, assessora interna da CEPJ, representaram a comissão, sendo indicadas por Dom Nelson Francelino, presidente da Comissão.

A reunião aconteceu na manhã deste 15 de outubro de forma online diretamente de Roma; com cerca de 200 lideranças presentes, entre delegados episcopais, lideranças mundiais de movimentos, associações e comunidades que trabalham com juventude.

Padre João Chagas e Padre Alexandre Awi, que conduziram toda a reunião preparatória.

Sobre a importância de participar desse evento em preparação para a JMJ, Irmã Valéria disse que “estar em comunhão com todos os jovens que se esperam este momento importante na evangelização juvenil é uma alegria. Bonito também acompanhar o empenho da equipe de Portugal, preparando com tanto carinho a Jornada num momento tão desafiador”.

Para Layla Kamila a ocasião se torna “bem feliz por estar junto à Igreja mundial em vista de um evento tão amado e esperado por tantos jovens. Em especial foi bonito ver jovens e adultos de diversos países conectados literalmente através do ambiente digital e produzindo, fazendo comunhão e fortalecendo os laços em vista da evangelização da juventude. Temos um caminho belo e desafiador a trilhar pela frente”.

Foram tradados dois temas principais: o lançamento da Plataforma SynAct (Synod in Action) e a divulgação de novas informações sobre a Jornada Mundial da Juventude 2023 na cidade de Lisboa.

A Plataforma SynAct é fruto do Sínodo da Juventude, respondendo ao apelo dos jovens por um espaço de diálogo e troca de experiências, assim como diz o papa na Cristo vive sobre o ambiente digital, e os números 205 a 207 sobre “uma pastoral sinodal”.

“Em resposta às sugestões de muitos de vocês e às ideias que surgiram no processo sinodal de 2018, desenvolvemos uma plataforma online, reservada apenas para líderes nacionais da pastoral juvenil de conferências episcopais e coordenadores internacionais de movimentos, associações e comunidades de jovens. A plataforma visa facilitar nossa colaboração e expandir a troca mútua de informações, recursos e ideias”, explicou o Padre. João Chagas, chefe do Gabinete da Juventude do Departamento para os Leigos, Família e Vida.

Rumo à JMJ 2023

A reunião também apresentou o COL – Comitê Organizador Local – com a participação de Catarina André (responsável pela comunicação) e Duarte Ricciardi (secretário executivo), que apresentaram as últimas notícias.

Foi apresentado um vídeo sobre Lisboa mostrando a cultura, a religiosidade e receptividade portuguesa, logo após um vídeo de Dom Manuel Clemente, Cardeal-Patriarca de Lisboa, saudando todos os participantes e falando da alegria que será acolher a JMJ 2023, além de toda a dedicação para a construção desse marco para a juventude mundial.

Dom Manuel Clemente, Cardeal-Patriarca de Lisboa .

Neste encontro também foi apresentado como irá funcionar o Comitê Organizador Local e suas áreas de trabalho, entre elas a Comunicação, Pastoral e Central de Eventos, Peregrinos e Voluntários, Logística, Digital, Dias nas Dioceses, Financiamento e finanças.

Por fim, foi apresentado um calendário sugestivo de atividades que serão propostas aos jovens do mundo inteiro:

> 16 de Outubro 2020 – será o pontapé inicial com o lançamento mundial da logo da JMJ Lisboa 2023 que acontecerá às 11h de Lisboa e 7h no horário de Brasília, em um evento online através das redes sociais oficiais. Acontecerá também o lançamento do website oficial da JMJ Lisboa 2023 disponível em lisboa2023.org que será o grande centro de comunicação entre os jovens. A data escolhida liga-se ao dia da eleição papal de São João Paulo II em 1978, ele foi o fundador da JMJ em 1985;

> 22 de Novembro 2020 – se as condições sanitárias devido ao COVID-19 permitirem, ocorrerá no Domingo do Cristo-Rei, a entrega dos símbolos das JMJ aos jovens portugueses. Padre. João Chagas completou dizendo: “tudo dependerá da situação pandêmica na Itália, Portugal e Panamá, pois a saúde e a vida dos jovens e participantes têm de ser acautelada”.

> 23 de Novembro 2020 – Portugal estuda promover eventos, celebrações eucarísticas e culturais que marquem o “dia D” para fomentar a JMJ entre as dioceses no país e também animar aos delegados para que promovam ações semelhantes em seus países.

> 28 e 29 de Novembro 2020 – Missão juvenil nas dioceses portuguesas – no início do advento todos os jovens portugueses são chamados a desenvolver o trabalho missionário nas suas dioceses.

No encerramento, Padre João Chagas e Padre Alexandre Awi agradeceram pela presença e fizeram uma breve oração em que Padre Alexandre evidenciou o beato Carlo Acutis – por ser jovem e recentemente beatificado – pedindo as bênçãos por todos os trabalhos. Padre João rogou por todos afetados de alguma forma pela pandemia, citando que o Dicastério não está alheio aos sofrimentos, principalmente dos jovens, também se unindo nas orações por todos.

da redação, Juliana Cuani – Jovens Conectados.

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais