Papa: servir aos pobres é servir a Deus

Papa: servir aos pobres é servir a Deus

Foto: Vatican News

“Com seu apostolado, vocês nos ajudam a entender que cada pessoa é uma história sagrada, um dom inestimável”. Palavras do Papa Francisco no discurso preparado e entregue aos membros da Associação Lazare que se dedica às pessoas em situação de rua.

Na manhã desta sexta-feira (21) o Papa Francisco recebeu os membros da Associação Lazare, que se dedica às pessoas em situação de rua. O Papa falou com os jovens em um discurso improvisado e entregou-lhes o discurso preparado. No seu discurso depois de recordar os princípios simples sobre os quais a associação é construída, “ser vocês mesmos, encontrar a alegria, sentir-se amado, aprender a benevolência como em uma família, viver juntos de forma muito simples”. Francisco recordou que estes princípios fazem sentido e formam um grupo estável somente se fluirem de uma forte amizade com Cristo, a fonte de sua ação para o bem. Ao sair ao encontro dos outros em suas situações e formar uma família na qual reine a harmonia e a alegria de viver juntos, vocês participam – continuou –  da missão da Igreja de alcançar as periferias de nossa sociedade”.

Ao servir, vocês servem ao próprio Senhor

Francisco afirmou em seguida: “Queridos jovens, vocês escolheram colocar-se ao serviço da dignidade humana, fazer-se vizinhos daqueles que são excluídos, sem teto, rejeitados, muitas vezes traídos em seus direitos. Ao servi-los, vocês servem ao próprio Senhor. Com seu apostolado, vocês nos ajudam a entender que cada pessoa é uma história sagrada, um dom inestimável”. E reiterou aos jovens: “Com seu compromisso e dedicação, vocês buscam ser cristãos não apenas em palavras, mas em ações. Desta forma, vocês dão muitos frutos e isto pode ser visto na expansão de sua Associação em outros países e continentes”.

Encorajando-os:

“Não tenham medo de passar a tocha da esperança e do amor. Sejam testemunhas da ternura de Deus em meio à cultura do egoísmo, do individualismo, da indiferença, do descarte, do desprezo pelos pobres e fracos”

Aos olhos de Deus vocês são um tesouro

Francisco ponderou também: “Aos olhos de Deus, vocês são um tesouro, um dom, uma vida, uma dignidade. Em seus rostos, vemos o rosto sofredor de Cristo que nos convida a um amor urgente e um coração aberto”. Em seguida exortou-os:

“Encorajo todos vocês a dar o melhor de si mesmos, a viver cada momento da existência como uma graça, a sair do anonimato e fazer de sua vida uma oferta pelo belo, pelo bom. Na verdade, “Lázaro” significa uma oferta, a oferta da humanidade, do que ela tem de melhor: a consciência dos limites”

Por fim concluiu seu discurso aos jovens afirmando mais uma vez: “Peço a todos vocês que permaneçam fiéis a seus objetivos. Hoje mais do que nunca, precisamos construir um mundo, uma sociedade de relações fraternas e plenas de vida. Porque ” As ações derivam duma união que propende cada vez mais para o outro, considerando-o precioso, digno, aprazível e bom, independentemente das aparências físicas ou morais. O amor ao outro por ser quem é, impele-nos a procurar o melhor para a sua vida”. ( Fratelli tutti, 94).

Por Jane Nogara – Vatican News

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email