“O coração da Igreja é jovem” Papa Francisco dialoga com a juventude em livro

Publicado em 5 de dezembro de 2018 Por Seja o primeiro a comentar!

Créditos: Layla Kamila/Jovens Conectados – 2018

 

Deus é jovem. Esta afirmação pode parecer estranha ou, ao menos, não usual. Mas exatamente é este o título do recente livro do Papa Francisco, lançado em março, fruto de conversas com o jornalista italiano Thomas Leoncini.  A abordagem do tema da realidade juvenil é justificada pelo fato que estamos vivendo o percurso sinodal, onde a Igreja vivenciou o chamado “Sínodo da Juventude”.

O próprio Santo Padre explica o sentido da expressão “Deus é jovem”. “No livro do Apocalipse (21,5), há esta frase: ‘Aquele que está sentado no trono disse: Eis que faço novas todas as coisas’. Portanto, Deus é Aquele que sempre renova, porque Ele é sempre novo: Deus é jovem! Deus é o Eterno que não tem tempo, mas é capaz de renovar, rejuvenescer-se continuamente e rejuvenescer tudo. As características mais peculiares dos jovens também são Suas. Ele é jovem porque ‘faz todas as coisas novas’ e ama a novidade; porque se encanta e ama o êxtase; porque sabe sonhar e deseja os nossos sonhos; porque é forte e entusiasmado; porque constrói relacionamentos e nos pede para fazer o mesmo, é social” (Deus é jovem, p. 67).

Nesta lógica, o Santo Padre compreende a própria Igreja sempre jovem, renovada, atualizada. “O coração da Igreja é jovem precisamente porque o Evangelho é como uma linfa vital que a regenera continuamente.” (Francisco, 19 de março de 2018). Voltar sempre a Jesus Cristo e ao Evangelho é garantia da perene jovialidade de nossa fé cristã. A Igreja propõe aos jovens o encontro com Jesus Cristo. Neste encontro, percebe que suas buscas, suas perguntas, esperanças e projetos encontram eco na pessoa e no ensinamento de Cristo. Então, ao encontrar a Cristo, encontra-se a si mesmo e abre a vida para novos e promissores horizontes, um projeto de vida que ajude a viver alegria de passar pelo mundo fazendo o bem. O próprio Jesus mostra aos jovens um “Pai que sempre olha para eles com um olhar benevolente e misericordioso, um Pai que não compete com eles” (p. 124).

O livro aborda com realismo os desafios que a juventude encontra hoje: o diálogo entre jovens e idosos; os medos; a falta de esperança e perspectiva; a incapacidade de sentir culpa; as drogas; o suicídio; a cultura do descartável; a questão climática e o descarte dos mais frágeis; a violência e as armas; a supervalorização dos animais de estimação; a corrupção; a rigidez mental e dificuldade de diálogo. As palavras são sempre de incentivo, convidando os jovens a viverem a alegria e a coragem de sonhar, de ousar. “Vejo um rapaz ou uma garota que procura seu próprio caminho, que deseja voar com seus pés, que olha para o mundo e contempla o horizonte com os olhos cheios de esperança, repletos de futuro e até de ilusões” (p. 20), diz o Papa ao descrever como vê um jovem. Propõe que jovens e idosos dialoguem, pois nossa sociedade tende a descartar a ambos.

Incentivando o hábito de leitura entre os jovens e adolescentes

Seja por prazer, seja para estudar ou para se informar, a prática da leitura aprimora o vocabulário e dinamiza o raciocínio e a interpretação. Sendo assim, o canal Jovens Conectados promove 2 sorteios através do Facebook e Instagram de 2 livros “Deus é Jovem”, um exemplar em cada rede social. A promoção é aberta ao público do Brasil e o sorteio será realizado no dia 07/12/2018 no perfil oficial dos Jovens Conectados. Participe!

Texto por Dom Adelar Baruffi
Bispo de Cruz Alta (RS) e referencial para a evangelização da Juventude do Regional Sul 3 da CNBB

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais