Mensagem final do XX Encontro Latino-Americano da Pastoral Juvenil

Publicado em 23 de novembro de 2019 Por Seja o primeiro a comentar!

Com o tema: “Os jovens:  somos terra sagrada e o agora de Deus”, o Encontro Latino-Americano de Responsáveis Nacionais da Pastoral Juvenil, o XX ELARNPJ, foi realizado em Lima-Peru, de 18 a 22 de novembro. Dom Nelson Francelino, Presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude representou a Pastoral Juvenil do Brasil, e também o jovem Lucas Galhardo, do Movimento de Schoenstatt, ex-integrante da Coordenação de Pastoral Juvenil Nacional, jovem sinodal, secretário para o Cone Sul. Confira a mensagem final do Encontro abaixo:

 

Mensagem Final
XX Encontro Latinoamericano de Responsáveis Nacionais de Pastoral Juvenil da América Latina e Caribe

“Nós jovens somos Terra Sagrada, o agora de Deus” é o lema que nos reuniu no XX ELARNPJ em Lima, no Peru, de 18 a 22 de novembro de 2019, e aceitamos o desafio de nos descalçarmos para, com respeito e delicadeza, ser a Igreja jovem que está em sintonia com as necessidades dos povos. Convidamos a todos a passar da presença à existência – é dizer que há uma verdadeira comunhão e participação onde está presente a preocupação, a proximidade e acompanhamento de toda a Igreja à juventude.

Reconhecemos a necessidade de uma Igreja que opta por um trabalho intergeracional onde “os anciãos terão sonhos e os jovens terão visões”, todos com diversidade de dons e carismas, em um processo permanente de reflexão e discernimento para responder ao chamado que Deus nos faz.

Queremos viver uma Igreja que caminhando decide junta, sinodalmente, que se coloca a serviço dos demais, deixando para trás as diferenças, reconhecendo seus limites e apostando nas suas forças. Com o Papa Francisco estamos interpelados a olharmos criticamente, colocando-nos em estado permanente de missão, para sentir a primavera.

O diálogo com as realidades dos povos latinoamericanos e caribenhos nos comove ao partilhar nossas lágrimas e dores, tendo muito presente a situação de crise social em alguns dos nossos países em que muitos jovens são vítimas da violência, embora nesse mesmo contexto vemos possível o Reino de Deus na América Latina, terra de esperança e casa comum, descobrindo a força do evangelho que nos provoca a nos conhecer como protagonistas comprometidos com a diversidade política, cultural, étnica e espiritual. Confiando em um Deus que transforma nossa vida e o mundo.

Como jovens, assessores, laicos, religiosas, religiosos e bispos latinoamericanos, responsáveis pela Pastoral Juvenil, fazendo memória da nossa história, valorizamos nossas raízes e nos sentimos orgulhosos do nosso passado, reconhecendo também nossas fragilidades e pecados. Cuidamos do presente que vivemos, sentindo-nos queridos por Cristo e renovados por seu Espírito, cheios da paixão pelo anúncio do evangelho, comprometendo-nos como construtores de um grande futuro, sonhando cada dia, mas que juntos podemos, como Igreja jovem saindo às ruas, edificar a civilização do amor.

Não queremos uma Pastoral Juvenil fechada e indiferente, mas sim transformadora, sinodal, missionária e profética, que grite ao mundo, sobretudo a outros jovens, que Cristo é o centro de nossas vidas, que nos ama, que nos salva e que caminha vivo ente nós.

XX ELARNPJ, foi realizado em Lima-Peru, de 18 a 22 de novembro.

 

LEIA MAIS: XX ELARNPJ: O Sínodo na realidade dos jovens latino-americanos

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais