Juventude Salesiana se reúne virtualmente para celebrar o FJS em Casa

Juventude Salesiana se reúne virtualmente para celebrar o FJS em Casa

Iniciativa surgiu das inspetorias São Luiz Gonzaga e Maria Auxiliadora, no Nordeste. Evento contou com diversas mensagens, entre elas, a do reitor-mor dos Salesianos, padre Ángel Fernández Artime

Uma noite que ficará para a história. No último sábado, 21 de novembro, a Pastoral Juvenil, por meio da Articulação da Juventude Salesiana (AJS) Nordeste, celebrou, de modo diferente, mais uma edição do Festival da Juventude Salesiana. Batizado como #FJSEMCASA, o evento precisou ser adaptado por conta da pandemia do novo coronavírus. Uma live no pátio da capela da Inspetoria São Luiz Gonzaga, no Recife, reuniu mais de 1.700 corações conectados na plataforma do YouTube dos Salesianos Nordeste por duas horas.

A programação começou às 20h com uma mensagem do reitor-mor da Congregação Salesiana, padre Ángel Fernández Artime. Em vídeo, o sucessor de Dom Bosco, ressaltou a importância do carisma juvenil salesiano no Nordeste brasileiro. Padre Ángel esteve presente no 22º Festival da Juventude Salesiana, em outubro de 2017.

“Lembro que uma vez estive presente no festival em uma das minhas visitas. É um encontro belíssimo, feito com muito amor pelos meus irmãos salesianos e também leigos para todos os jovens. Parabéns pelos 25 anos de um festival tão bonito. Parabéns aos jovens que fazem parte da Articulação da Juventude Salesiana. Sempre que penso em vocês (jovens), fico feliz e orgulhoso por todos os trabalhos que realizam no caminho de Deus. Vejo os ensinamentos e a felicidade de Dom Bosco em vocês. Continuem assim, seguindo o espírito Salesiano! Isso é ser salesiano!”, declarou em vídeo o padre Ángel Fernández Artime.

A apresentação ficou por conta dos jovens Montegômere Junior, da AJS João Pessoa, e Jullyanne do Nascimento, Filha de Maria Auxiliadora. A animação foi conduzida pela Banda Dom Bosco, da Paróquia Nossa Senhora de Fátima – San Martin. Juntos, eles movimentaram as pessoas que estavam assistindo, levando a energia do FJS para a casa de todos. Sorteios, apresentações e uma dança no final da live fizeram com que todos interagissem nos comentários e nas redes sociais da AJS Nordeste.

“Apresentar a live para mim foi um desafio, mas foi uma proposta de ousadia que faz um casamento perfeito com o que a juventude precisa. Conseguimos levar a alegria e a energia como se estivéssemos todos juntos. Só tenho o que agradecer a juventude que me escolheu para representar os filhos de Dom Bosco”, disse Montegômere Junior.

“Este ano, apesar do FJS ter sido de forma atípica, pra mim foi muito significativo. A interação das casas; a leveza da equipe que estava organizando o evento; a forma dinamizada… Tudo isso me fez perceber que realmente estávamos juntos mesmo estando separados. A pandemia pode nos tirar muita coisa, mas ela não pode tirar a alegria Salesiana de viver e, mesmo em casa, conseguimos fazer ‘reavivar a alegria de nunca viver em vão’”, avaliou Jullyanne do Nascimento.

O evento também contou com a participação do inspetor salesiano do Nordeste, padre Nivaldo Luiz Pessinatti, do delegado da Pastoral Juvenil dos Salesianos, padre Francisco Inácio, da delegada da Pastoral Juvenil das Salesianas, Irmã Claudiane Cavalcante, do coordenador da AJS Nordeste, padre Renato Jorge e de alguns salesianos e salesianas consagrados e leigos da AJS que, durante todo o dia, prepararam o cenário da live. Todos os presentes no local seguiram os protocolos de combate à Covid-19. A atividade também contou com vídeos dos delegados gerais da Pastoral Juvenil Salesiana e da inspetora salesiana do Nordeste, Irmã Adriana Gomes.

“A edição especial do Festival da Juventude Salesiana deste ano, sem dúvida foi uma experiência muito significativa, onde formamos um lindo pátio virtual, conectado pelo carisma salesiano que vibra forte em nosso coração. A AJS é um sinal vivo do rosto jovem de Deus, por isso, celebrar nossa caminhada realizada ao longo desse ano é motivo de grande alegria”, afirmou a delegada da Pastoral Juvenil da Inspetoria Nossa Senhora Auxiliadora, Irmã Claudiane Cavalcante.

“O alcance foi surpreendente, os jovens estavam sim conectados na “live” e fizeram o tradicional barulho, mas, de outra forma: interagindo, colaborando, escrevendo, participando de um modo diferente, mas, sempre com o jeito salesiano de ser. Assim, firmamos os passos rumo a celebração presencial, no próximo ano, dos 25 anos de Festival da Juventude salesiana”, completou o delegado da Pastoral Juvenil da Inspetoria São Luiz Gonzaga, padre Francisco Inácio.

A Juventude Salesiana ficou responsável por montar apresentações e enviar para a equipe organizadora do evento. Nos festivais presenciais, as delegações mostram o seu talento no Festival de Coreografia e no Festival de Teatro. Além disso, as bandas formadas na AJS local se apresentam no palco externo. Em 2020, as apresentações foram organizadas por regionais montados no conselho da AJS Nordeste. Na ocasião, os vídeos trouxeram diversas temáticas desde o tema saudade até a forma de expressar o orgulho de ser jovem salesiano e de pertencer a região nordestina.

“Participar do FJS em casa foi uma experiência linda e diferente, pois, mesmo que a vontade era vivê-lo presencialmente, reencontrando os amigos e festejando muito, foi um momento de comunhão, de, mesmo cada um em sua casa, poder sentir que estávamos todos em sintonia e em união por um só amor e um só carisma! O FJS em casa, trouxe-me alegria e muitas lembranças que apertaram o coração de saudade”, expressou a jovem da AJS Juazeiro do Norte Carolinne Ferreira.

Nos agradecimentos finais, o padre Renato Jorge proferiu uma fala de gratidão a todos os jovens que desempenharam um trabalho brilhante nas AJSs locais no ano de 2020, seja motivando outros jovens ou realizando atividades dentro do protocolo da Covid-19. O FJS em Casa foi o último evento que o salesiano ficou a frente como coordenador da AJS Nordeste. Em 2021, o sacerdote, terá uma nova missão. Ele irá compor a casa salesiana de João Pessoa/PB.

“É com imensa alegria que podemos afirmar que o FJS em casa foi um grande sucesso, fruto de lindo trabalho de evangelização da juventude do Nordeste. Mais, uma vez quero agradecer imensamente toda a juventude. O sucesso só foi possível graças a participação ativa de todos vocês. Quero aproveitar a oportunidade e anunciar que a Inspetoria Salesiana do Nordeste me confiou para os próximos anos uma nova missão. Irei a partir do próximo ano colaborar na obra salesiana de João Pessoa/PB. Por fim, quero agradecer a parceria e amizade que foi construída durante esses dois últimos anos. E não esqueçam que terão sempre este amigo salesiano padre na vida de vocês. A nossa missão continua com aquela mesma alegria e entusiasmo de sempre”, agradeceu o padre Renato Jorge.

No fim da live todos receberam a benção de Nossa Senhora Auxiliadora pelo padre Nivaldo Pessinatti. Um momento de envio e de renovação da fé, que não pode se apagar diante das dificuldades apresentadas pelo mundo.

A realização do Festival da Juventude Salesiana é um momento de renovação do trabalho juvenil nas inspetorias São Luiz Gonzaga e Nossa Senhora Auxiliadora. Há mais de duas décadas, o evento reúne diversos jovens de paróquias, escolas e obras sociais dos nove estados do Nordeste. Por conta da pandemia, o evento migrou para a plataforma online, mas foi realizado com mesmo carinho, entusiasmo e protagonismo juvenil das casas e presenças salesianas, tendo como marca a alegria, o amor, a diversidade e a esperança de um mundo melhor na fina escola de São João Bosco e de Madre Mazzarello.

Por Rhaldney Silva. Imagens: Paulo Cursino/AJS San Martin.

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email