Juventude Missionária discute seminário Juventude e Missão e projetos para 2013

Publicado em 17 de dezembro de 2012 Por Seja o primeiro a comentar!

1assembleiapartilhasjm
A 5ª Assembleia Nacional da Pontifícia Obra da Propagação da Fé, que teve início na quinta-feira, e segue até amanhã, 16, teve suas atividades conduzidas na manhã deste sábado por um momento de partilhas.

Os temas foram: Seminário Nacional “Juventude e Missão”, realizado no último mês de setembro; sobre a dimensão missionária no Cone-Sul (Brasil, Paraguai, Uruguai, Argentina e Chile); sobre a presença das Pontifícias Obras Missionárias (POM) na Jornada Mundial da Juventude (JMJ) no próximo ano e sobre os projetos da Juventude Missionária para 2013.O jovem Jadson Bezerra, do estado de Pernambuco, avaliou positivamente o seminário Juventude e Missão e deu destaque, de modo especial, à possibilidade de partilhas de experiências proporcionada pelo evento. “Durante o seminário pudemos trocar ideias e experiências com os jovens de diversas expressões juvenis e isso foi muito importante para estarmos em sintonia com a Igreja no Brasil”.

1thaisThais Duarte, da Juventude Missionária do Distrito Federal, também deu saldo positivo à troca de experiências entre as várias expressões. Ela citou o trabalho missionário desenvolvido por Mary Ferreira e Fábio Aparecido, da Nova Comunidade Aliança de Misericórdia, que fizeram a experiência de morar um ano nas ruas da cidade do Rio de Janeiro junto com moradores de rua. “São projetos missionários que existem e nós não conhecemos. O encontro nos deu um pouco da dimensão missionária que é realizado por outras expressões”, sublinhou.

O coordenador da JM no estado do Paraná disse que mesmo com a presença de diversas expressões, a troca de experiências entre os próprios jovens deveria ter sido mais explorada. “Não notei que houve a comunhão que deveria; faltou partilhar com mais consistência os trabalhos que desenvolvem as expressões juvenis através do seu próprio carisma”. A visão de missão das outras expressões juvenis também tem um horizonte que difere daquele contemplado pela Igreja, segundo o jovem. “Percebi que eles têm outra perspectiva de missão. Não digo que estão errados, mas a Igreja deve olhar para essa questão com carinho para que cheguemos todos a um denominador comum quanto ao tema”, advertiu. Jadson concordou com Guilherme e completou: “Os jovens presentes no Seminário não estão atentos à missão universal”.

“O evento nos deu a oportunidade e nos conhecermos melhor a nós mesmos, expressões juvenis”, ressaltou o secretário nacional da Pontifícia Obra da Propagação da Fé, padre Marcelo Gualberto. De acordo com o ele o seminário foi o início de a juventude no Brasil se alinhar e refletir junto sobre a dimensão missionária. Ele aconselhou os jovens missionários a se fazerem conhecer entre as diversas expressões juvenis. “Precisamos ser mais ousados. A Igreja deve saber o que faz um jovem missionário. Para isso precisamos dialogar com eles e estar atentos à animação missionária dessas expressões”.

Juventude Missionária na JMJ
1jadsonFaltando sete meses da Jornada Mundial da Juventude no Brasil, a JM começa a se organizar para participar do evento. Padre Marcelo apresentou algumas propostas como a presença na Feira Vocacional com o objetivo de divulgar as atividades das POM; as 200 vagas oferecidas aos jovens missionários da América. A sede missionária das POM na JMJ será na paróquia São Domingos, em Niterói (RJ), que deve receber em torno de 600 mil peregrinos de todo o mundo. A JM de todo o mundo, por sua vez, deve se encontrar no dia 23 de julho. Padre Marcelo apresentou também os objetivos da Semana Missionária . “Como uma experiência de fé, quer propiciar aos jovens do mundo momentos de oração e meditação aprofundando seu encontro pessoal com Jesus Cristo e sua proposta de amor”. O evento ainda contempla uma experiência cultural (ambiente de partilha) e de solidariedade (envolvimento). A Semana Missionária acontece entre os dias 16 e 20 de julho e a JMJ de 23 a 28 de julho de 2013.

Cone-Sul e projetos da JM para 2013
Os projetos da Juventude Missionária para o próximo ano passa diretamente pelos eventos a serem realizados, pelas formações e pelos materiais produzidos pelas POM. O secretário apresentou o calendário em desenvolvimento para 2013. “Nosso cronograma deve contemplar encontros regionais e estaduais pelo Brasil, encontros dos grupos de propagação da fé, reunião executiva das famílias, idosos e enfermos missionários, semana missionária, JMJ e o Congresso Missionário Americano e Congresso Missionário Latino-Americano (CAM4/Comla9)”. Os subsídios da JM estão sendo reformulados e outros, como o Rosário para Jovens está em fase de produção.

A Juventude Missionária do Cone-Sul trabalha e se reúne para que aja uma articulação da JM entre os países que compõem a região. A representante do Brasil é Sara Guerra, do Ceará. O secretário convidou os coordenadores estaduais a fazerem sugestões para que a JM tenha mais contato nos países do Cone. Os jovens presentes na Assembleia sugeriram que sejam realizadas missões entre esses países para que os jovens brasileiros conheçam os países vizinhos e o mesmo aconteça aqui.

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais