Jovens brasileiros, Nicarágua e os preparativos para a JMJ

Jovens brasileiros, Nicarágua e os preparativos para a JMJ

Padre Alexandre Awi Mello, secretário do Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida, fala do interesse dos jovens brasileiros e como a crise na Nicarágua pode afetar toda a região, inclusive comprometendo a participação do país como lugar de acolhida.

Neste espaço dedicado à juventude, hoje voltamos a falar da JMJ do Panamá. Segundo o secretário do Pontifício Conselho para os Leigos, a Família e a Vida, Pe. Alexandre Awi Mello, os preparativos estão bem avançados, faltando ainda questões logísticas a aperfeiçoar, como a questão dos voos e dos vistos.

Em entrevista ao Vatican News, Padre Alexandre fala do interesse dos jovens brasileiros e como a crise na Nicarágua pode afetar toda a região, inclusive comprometendo a participação do país como lugar de acolhida:

“Sem dúvida é uma pena que a Nicarágua não possa participar como lugar de acolhida na diocese, como estava previsto desde o princípio. Entendemos e rezamos pela situação do país. Espero que todo trabalho em torno da JMJ seja também uma forma de oferecer sacrifícios a Deus pela solução deste problema tão complexo.”

Por Rádio Vaticano – vaticannews.va

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email