JMJ Lisboa: uma carta aos jovens, para lançar a peregrinação da cruz e do ícone de Nossa Senhora

Publicado em 11 de dezembro de 2019 Por Seja o primeiro a comentar!

Nota pastoral lança peregrinação da cruz e do ícone das Jornadas Mundiais, rumo à edição de Lisboa.


A Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) vai escrever uma carta aos jovens, para lançar a peregrinação da cruz e do ícone das Jornadas Mundiais da Juventude (JMJ), que se inicia em abril de 2020, rumo à edição internacional de Lisboa, dois anos depois.

“Haverá uma nota pastoral, um texto breve, uma mensagem, para iniciar o processo da entrega da cruz e do ícone, no domingo de Ramos, em Roma, pelo Papa Francisco”, anunciou hoje o porta-voz do episcopado, padre Manuel Barbosa, falando aos jornalistas após a reunião do Conselho Permanente da CEP.

A mensagem, “simples”, quer “acompanhar este processo, em particular a peregrinação dos símbolos da JMJ “pelas várias dioceses de Portugal”, partes de Espanha” e “possivelmente”, países lusófonos. As inscrições para a JMJ 2022, em Lisboa, vão estar abertas para participantes dos 14 aos 30 anos de idade. No Domingo de Ramos de 2020, vão ser entregues os Símbolos das Jornadas (Cruz e Ícone) pelo Papa Francisco, no Vaticano, a uma representação portuguesa com 200 a 300 pessoas de todas as dioceses de Portugal. A cruz de madeira e um ícone de Nossa Senhora têm percorrido os cinco continentes, numa iniciativa que nasceu por vontade de São João Paulo II.

da redação com informações Ecclesia

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais