Empreendedores: jovens reinventam vida pessoal e trabalho em busca de novos horizontes

Empreendedores: jovens reinventam vida pessoal e trabalho em busca de novos horizontes

21 jovens do Nordeste de Amaralina, Salvador/BA, foram contemplados com a formação em empreendedorismo que durou oito meses.

No dia 17 de dezembro, o Centro Avançado de Empreendedorismo do Nordeste de Amaralina (CAENA), projeto social construído numa das regiões mais carentes de Salvador, realizará a formatura dos 21 jovens que participaram da primeira turma da Academia do Ser Empreendedor. A cerimônia será realizada às 9h, na Associação Baiana de Supermercados (ABASE), no bairro Jardim Armação, em Salvador.

Ao longo de oito meses, os jovens tiveram a oportunidade de aprender diversos conteúdos relacionados ao desenvolvimento de habilidades empreendedoras e intraempreendedoras, como inteligência emocional, comunicação assertiva, empatia, resiliência e capacidade de negociação. Além de frequentar as aulas na sede do CAENA, duas vezes na semana, os participantes também puderam desenvolver projetos e conhecer de perto o dia a dia de uma empresa. Durante esse período, cada jovem recebeu uma bolsa auxílio no valor de R$ 144,00 mensais, custeada através de doações de benfeitores do projeto e parcerias com o Centro Comunitário da Pituba, a Pastoral do Empreendedor, a Universidade Católica do Salvador (UCSal) e o SENAC.

A adolescente Sabrina Sâmile, de 16 anos, relata que o curso representou um tempo de transformação na sua vida. “Foi incrível fazer o curso, uma oportunidade única! Aprendi muitas coisas principalmente sobre o meu ser e sobre empreendedorismo. Vou levar tudo que aprendi para o resto da minha vida”, compartilhou a participante.

O fundador e presidente do CAENA, frei Rogério Soares, comemora esse momento especial na vida dos jovens contemplados pelo projeto. “Formar a primeira turma da Academia do Ser Empreendedor é realizar um grande sonho que começou há cinco ou seis anos, quando tivemos a intuição de que formar os jovens empreendedores seria o caminho do futuro. Ensinar as ferramentas do empreendedorismo dá autonomia aos jovens”, afirmou.

Para a gestora educacional do projeto, Deborah Guimarães, os conteúdos oferecidos ao longo do curso ampliam os horizontes dos jovens. “Nosso foco está no ser humano e na riqueza que se encontra nele. Priorizamos as ferramentas que oportunizam aos jovens o autoconhecimento. Um empreendimento pode falir, mas a pessoa pode recomeçar e seguir em frente. Nossos jovens estão prontos para empreender ou para entrar no mercado de trabalho”, ponderou Deborah.

O CAENA foi idealizado no ano de 2012 e recebeu o apoio da Ordem Mercedária e da Paróquia Nossa Senhora da Luz. A sede localizada no bairro do Nordeste de Amaralina possui estrutura física para a realização de diversos cursos e oficinas. Só em 2021, quase 200 pessoas foram atendidas pelos cursos realizados pelo Centro. O frei Rogério explica que o trabalho do CAENA “tem uma pedagogia centrada na pessoa e nos seus recursos pessoais e nos seus talentos. Mostramos que o maior potencial do ser empreendedor está no próprio jovem. A partir das suas capacidades, ele transforma o seu entorno em riqueza para si e para a comunidade. Tivemos um ótimo resultado, o Nordeste de Amaralina tem jovens muito talentosos”, pontuou.

 

Pastoral do Empreendedor

A Pastoral do Empreendedor (PE) nasceu de uma inquietação do coração do Frei Rogério Soares de Almeida, religioso da Ordem de Nossa Senhora das Mercês e, na época pároco em Salvador-BA. Ele revela que via os empreendedores como ovelhas sem pastor e questionava-se sobre o cuidado, a evangelização e o lugar do empresário na Igreja.

“Apresentei essas inquietações ao Pe. Joãozinho SCJ, que logo mostrou seu interesse e apoio. Em 2011 também, a CNBB lançou o documento 94, ‘Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil 2011-2015‘. Nesse documento, os senhores bispos pedem expressamente no número 117: ‘O terceiro areópago liga-se à presença pastoral junto aos empresários […]‘. Diante desse cenário, decidi iniciar um trabalho pastoral com e para os empreendedores na paróquia”, conta Frei Rogério.

A pastoral começou com um grupo de quatro empreendedores, que foram sendo formados e orientados. Posteriormente, um evento foi realizado por este grupo, o I Encontro de Católicos Empreendedores de Salvador, em 2011. Após esse primeiro momento do projeto, a iniciativa foi apresentada a dom Murilo Krieger, arcebispo de Salvador, que aceitou e apoiou a proposta. Orientou também que se fosse do Espírito Santo se difundiria naturalmente e que não fossem criadas muitas estruturas, para ser uma pastoral de fácil implantação.

Hoje, a Pastoral do Empreendedor está em mais de 50 paróquias e em 8 dioceses. Cidades como Salvador, São José do Rio Preto, Curitiba, São Paulo, Sorocaba, Cuiabá, Maringá, Presidente Prudente, Bacabal e Goiânia já vivem essa experiência.

Como implantar a Pastoral?

Como toda pastoral, a Pastoral do Empreendedor deve se realizar no âmbito diocesano ou paroquial. Dessa forma, o primeiro passo para a sua implantação é reunir um grupo de empreendedores interessados em evangelizar outros empreendedores e buscar o pároco ou o bispo local.

Com a autorização do pároco ou do bispo, é possível conhecer as diretrizes da PE por meio do site www.pastoraldoempreendedor.org.br e depois fazer o cadastro do grupo, pelo mesmo site. E assim, um membro da coordenação nacional entrará em contato para maiores esclarecimentos e acompanhamento.

Após a formação do grupo e com o apoio do pároco, nasce um núcleo da Pastoral do Empreendedor, que tem a missão de pastorear os empreendedores da comunidade. Muitas vezes pensamos nos empreendedores apenas na hora de colaborar financeiramente com a paróquia, mas a PE tem outra intenção: evangelizar.

Dessa forma, o núcleo tem como meta realizar atividades e eventos focados nos empreendedores, como por exemplo, os encontros abertos semanais ou quinzenais, onde os empreendedores têm um lugar para a escuta da Palavra e para a troca de experiências.

 

SERVIÇO:
Evento: Formatura da 1ª Turma da Academia do Ser Empreendedor / Centro Avançado de Empreendedorismo do Nordeste de Amaralina
Data: 17 de dezembro
Horário: 9 horas
Local: Associação Baiana de Supermercados (ABASE) – Rua Gilberto Amado, 276, Jd. Armação, Salvador

Assessoria de Comunicação
Lumina Comunicação Integrada
Patrícia Luz (71) 98103-2901 / DRT BA 3658

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email