Dom Amilton Manoel da Silva inicia missão como Bispo da Diocese de Guarapuava (PR)

 

Foto: Diocese de Guarapuava

Tomou posse da manhã deste sábado (18), o novo bispo da Diocese de Guarapuava (PR), Dom Amilton Manoel da Silva, que é membro da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). A celebração ocorreu na Catedral Nossa Senhora de Belém de forma restrita, por conta da pandemia da Covid-19, contando com a presença de bispos do Regional Sul 2, do Clero, religiosos, religiosas, autoridades e algumas lideranças leigas das Pastorais e Movimentos da Diocese.

Durante a homilia, Dom Amilton ressaltou a importância da busca constante da unidade. “Que na pluralidade prevaleça entre nós a caridade, o sentido de pertença à Igreja, e que a comunhão norteie a nossa evangelização e alimente sempre a nossa fraternidade”, refletiu.

A partir de seu lema episcopal “Gloriar-se na Cruz de Cristo” (Gl 6,14), encorajou a comunidade diocesana a assumir a Cruz como poder e sabedoria de Deus. “A Cruz deverá sempre nos interpelar, nos arrancando dos espaços de conforto e da mera pastoral da conservação. Ela deverá suscitar em nós a compaixão diante dos sofrimentos que assolam a vida humana e a criação, nossa casa comum”.

Dom Amilton Manoel da Silva

Natural de Osvaldo Cruz (SP), ingressou na Congregação dos Passionistas em 1991. Cursou filosofia na Universidade Federal do Paraná (UFPR), em Curitiba – PR. Possui bacharelado e licenciatura em filosofia, história e psicologia. Cursou teologia no Instituto Teológico São Paulo (ITESP), de 1997 a 2000. Possui especialização em formação humana, espiritualidade, liturgia e parapsicologia.

Fez a sua primeira profissão religiosa no dia 18 de janeiro de 1997, e foi ordenado presbítero no dia 17 de dezembro de 2000, por Dom Luciano Mendes de Almeida, então arcebispo de Mariana – MG.

Foi nomeado bispo titular de Tusuro e auxiliar da Arquidiocese de Curitiba pelo Papa Francisco, no dia 07 de junho de 2017, sendo ordenado no dia 19 de agosto e apresentado como bispo-auxiliar no dia 08 de setembro do mesmo ano.

Na Arquidiocese de Curitiba, foi referencial para as comissões de liturgia, comunicação, missão, juventude e Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB). No Regional Sul 2 – CNBB, é secretário dos Bispos e referencial para o Setor Juvenil. Desde 2019, é membro da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude da CNBB e membro da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica.

Em 6 de maio de 2020, foi nomeado bispo da Diocese de Guarapuava, substituindo Dom Antônio Wagner da Silva, que apresentou a renúncia por conta da idade.

Por Pedro Colatusso, da Redação do Jovens Conectados.

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email