Dom Amilton Manoel da Silva é nomeado quinto bispo da diocese de Guarapuava

Até então, Dom Amilton atuava como bispo auxiliar da arquidiocese de Curitiba. Ele foi nomeado bispo titular de Tusuros (Tunísia) e auxiliar de Curitiba em 7 de junho de 2017. Sua ordenação episcopal se deu no dia 19 de agosto do mesmo ano. Desde 2019, é membro da comissão Pastoral Juvenil da CNBB, e em julho deste mesmo ano, o Papa Francisco o nomeou membro da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica. “Gloriar-se na cruz de Cristo” (Gl 6,14) é seu lema episcopal.

Maio é o mês de Maria, um tempo para ser celebrado com muita alegria e contemplação. Um período para voltarmos nossos olhos para o lado maternal e observar em Nossa Senhora a candura e a poesia que se manifesta na simplicidade das coisas.

Especialmente, a diocese de Guarapuava/PR vive um dos seus momentos mais importantes desde a sua criação, em 16 de dezembro de 1965, pela Bula “CHRISTI Vices”, do Papa Paulo VI. Neste momento, toda a família católica desta que é a maior diocese do Estado do Paraná, recebe com amor e alegria a nomeação de seu quinto bispo diocesano ocorrida em 6 de maio.

Após aceitar o pedido de renúncia de Dom Antônio Wagner da Silva, por causa da idade (75 anos completados em 2019), de acordo com o Código de Direito Canônico, o Papa Francisco nomeou Dom Amilton Manoel da Silva, até então, bispo auxiliar da arquidiocese de Curitiba, para assumir suas funções à frente da diocese de Guarapuava. Dom Wagner estava na diocese desde o ano 2000, quando foi ordenado e assumiu como bispo coadjutor, trabalhando ao lado de Dom Giovanni Zerbini, que renunciou em dezembro de 2002, por causa da idade. Dom Wagner assumiu o governo da diocese em 2 de julho de 2003, permanecendo até o momento, quando passa a função para Dom Amilton.

A Comissão Episcopal Pastoral para Juventude eleva um hino de louvor ao Senhor e roga suas bênçãos sobre Dom Amilton Manoel da Silva, membro desta, por ocasião de sua nomeação como bispo titular da Diocese de Guarapuava. Muito nos alegra sua disponibilidade em servir à Igreja e sua especial dedicação à juventude. Cremos que suas virtudes e dons colocado à serviço do povo de Deus em Guarapuava dará abundantes frutos para a Igreja e para sociedade gerando “vida em abundância”. Suplicamos que Nossa Senhora de Belém, padroeira desta venturosa Diocese, estenda sobre o novo bispo e seu povo seu manto e interceda a Deus por uma ação evangelizadora vigorosa.

 

Com informações da Diocese de Guarapuava.

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email