Dom Amilton Manoel da Silva é nomeado quinto bispo da diocese de Guarapuava

Publicado em 8 de maio de 2020 Por Seja o primeiro a comentar!

Até então, Dom Amilton atuava como bispo auxiliar da arquidiocese de Curitiba. Ele foi nomeado bispo titular de Tusuros (Tunísia) e auxiliar de Curitiba em 7 de junho de 2017. Sua ordenação episcopal se deu no dia 19 de agosto do mesmo ano. Desde 2019, é membro da comissão Pastoral Juvenil da CNBB, e em julho deste mesmo ano, o Papa Francisco o nomeou membro da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica. “Gloriar-se na cruz de Cristo” (Gl 6,14) é seu lema episcopal.

Maio é o mês de Maria, um tempo para ser celebrado com muita alegria e contemplação. Um período para voltarmos nossos olhos para o lado maternal e observar em Nossa Senhora a candura e a poesia que se manifesta na simplicidade das coisas.

Especialmente, a diocese de Guarapuava/PR vive um dos seus momentos mais importantes desde a sua criação, em 16 de dezembro de 1965, pela Bula “CHRISTI Vices”, do Papa Paulo VI. Neste momento, toda a família católica desta que é a maior diocese do Estado do Paraná, recebe com amor e alegria a nomeação de seu quinto bispo diocesano ocorrida em 6 de maio.

Após aceitar o pedido de renúncia de Dom Antônio Wagner da Silva, por causa da idade (75 anos completados em 2019), de acordo com o Código de Direito Canônico, o Papa Francisco nomeou Dom Amilton Manoel da Silva, até então, bispo auxiliar da arquidiocese de Curitiba, para assumir suas funções à frente da diocese de Guarapuava. Dom Wagner estava na diocese desde o ano 2000, quando foi ordenado e assumiu como bispo coadjutor, trabalhando ao lado de Dom Giovanni Zerbini, que renunciou em dezembro de 2002, por causa da idade. Dom Wagner assumiu o governo da diocese em 2 de julho de 2003, permanecendo até o momento, quando passa a função para Dom Amilton.

A Comissão Episcopal Pastoral para Juventude eleva um hino de louvor ao Senhor e roga suas bênçãos sobre Dom Amilton Manoel da Silva, membro desta, por ocasião de sua nomeação como bispo titular da Diocese de Guarapuava. Muito nos alegra sua disponibilidade em servir à Igreja e sua especial dedicação à juventude. Cremos que suas virtudes e dons colocado à serviço do povo de Deus em Guarapuava dará abundantes frutos para a Igreja e para sociedade gerando “vida em abundância”. Suplicamos que Nossa Senhora de Belém, padroeira desta venturosa Diocese, estenda sobre o novo bispo e seu povo seu manto e interceda a Deus por uma ação evangelizadora vigorosa.

 

Com informações da Diocese de Guarapuava.

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais