Divinópolis acolhe jovens mineiros para o III Congresso Estadual da JM

Publicado em 6 de novembro de 2015 Por Seja o primeiro a comentar!

unnamed (2)

Com o tema “Jovem Missionário por uma Igreja em Saída” e o lema “Ser e fazer discípulos missionários” a Juventude Missionária (JM) de Minas Gerais realizou, entre os dias 30 de outubro e 1º de novembro, o III Congresso Estadual da JM. O evento, sediado em Divinópolis, teve o objetivo de unificar os grupos do estado, possibilitando uma troca de experiências e um aprofundamento metodológico do carisma.

Com representantes de (Arqui)dioceses mineiras e capixaba, o evento contou com momentos de oração e formação, além de oficinas e confraternizações. “Foram dias de alegria, entusiasmo, partilha e aprendizado. Acredito que cada congressista voltou para sua realidade, certo de que o amar ao próximo é o mesmo que amar ao próprio Cristo. Sem dúvida, os jovens, além de sentirem um amor mútuo, também puderam perceber que a Igreja missionária não é triste e desolada, mas alegre, que não faz distinção de cor, raça, ou qualquer outra discriminação”, destacou Felipe Diniz, da Diocese de Campanha, que integra a coordenação estadual da JM.

Programação

Com programação dinâmica, os participantes puderam enriquecer seus trabalhos através de momentos de oração, partilha e formação. Dom José Carlos Campos, Bispo de Divinópolis, foi um dos palestrantes de sábado, 31. Destacando a Exortação Apostólica Evangelii Gaudium, o bispo falou sobre os elementos e posturas missionárias e a forma de atuação do jovem missionário na sociedade atual.

“A proposta é estar em comunhão com o convite do Papa Francisco, de uma igreja em saída, em serviço. Foi um momento de incentivá-los, um pouco mais, para realidades missionárias, suscitando um interesse em ir, sair ao encontro do outro, além do trabalho já desenvolvido na Paróquia, que também é importante”, explicou Marcelo Bleme, coordenador estadual da JM, em Minas.

Além das palestras, os participantes puderam desfrutar de oficinas temáticas sobre animação, família, liturgia e projeto “Rota 300”, temas que estimularam a criatividade dos jovens no momento da apresentação.

Participantes

A iniciativa rendeu frutos e agradou os participantes, como Gabriel Bonfim, que percorreu mais 580 km para participar do evento. “Aprendi que o jovem deve estar sempre em saída, para propagar a fé e buscar novos discípulos. É importante fazer missões em hospitais, presídios, asilos e nunca ter medo e nem vergonha”, destacou o jovem, de 19 anos, da Arquidiocese de Uberaba.

E não foi só o Gabriel que aproveitou toda a formação. Simone Isabel, assessora da JM da Diocese de São João del-Rei, anotou todas as informações em seu “caderninho”, com a intenção de partilhar todo o aprendizado. “Uma experiência maravilhosa, sem dúvida, que motiva, ainda mais, a caminhada desses jovens. Muita coisa boa que tem que ser compartilhada com todo o grupo”, ressaltou.

Além dos jovens e assessores, o evento contou com a presença de bispos e padres.

Envio para a Missão

Na manhã de domingo, 3º dia do Congresso, os participantes se dirigiram para a Matriz de São Pedro Apóstolo para a Santa Missa de encerramento. Presidida por Dom José Carlos Campos, a celebração falou das Bem-Aventuranças e da Solenidade de Todos os Santos.

Ao término da missa, os jovens foram enviados pelo bispo, com a missão de propagar a fé e testemunhar o amor a Jesus Cristo através de seus ensinamentos.

Dentre os enviados estavam Lucas Silveira, da Diocese de São João del-Rei, e Francine Novais, da Diocese de Campanha, ambos, representarão Minas na 1ª Experiência Missionária Nacional para jovens que trabalham com as Pontifícias Obras Missionárias (POM) do Brasil. O evento, que ocorrerá em janeiro de 2016, no Pará, já os deixa com grande expectativa. “Espero que seja um momento de aprendizado, interação e ajuda ao próximo. A única coisa que nós, como missionários, podemos oferecer, é a vida em serviço do outro. Vou com o propósito de conhecer mais a Deus e levar o nome de Jesus aqueles que necessitam do seu amor”, destacou a jovem de 24 anos.

Antes do término do evento, Marcelo Bleme, coordenador estadual da Juventude Missionária em Minas Gerais, anunciou o local do IV Congresso, que ocorrerá em meados de 2017, na Arquidiocese de Mariana.

Por Lucas Silveira

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais