Da informática ao céu: Edições CNBB lança biografia do beato Carlo Acutis

Da informática ao céu: Edições CNBB lança biografia do beato Carlo Acutis

Assinada por Nicola Gori, postulador da causa de canonização, a biografia recém-publicada pela Edições CNBB – Da informática ao Céu – apresenta a história de Carlo Acutis (1991-2006), um jovem comum, mas reconhecido mundialmente como modelo de santidade na era digital. Seu testemunho indica o essencial na resposta à vocação: “o chamado pela busca da felicidade pela íntima união com Deus”.

Eucaristia, estudo, Rosário… E internet… Palavras aparentemente “desconexas” entre si. Porém, se bem observarmos a figura de Carlo Acutis – beatificado em 2020 pelo Papa Francisco –, descobrimos um garoto que desvendou, praticamente sozinho, os segredos dos computadores para, a partir deles, anunciar o amor de Deus a todos.

Hino à vida

Foram só 15 anos de vida, mas suficientes para interpelar a fé de muitos adultos. A santidade foi o refrão do seu hino à vida, a razão que o fazia ser “diferente” na escola, nos passeios ou no futebol com os amigos. Carlo Acutis falava abertamente do seu “kit de santidade”: missa diária, comunhão e Rosário, contato com a Sagrada Escritura, adoração eucarística e a disponibilidade para fazer renúncias pelos outros.

Sobre o Beato, o Papa Francisco afirmou em 11 de outubro de 2020: “Ele não se acomodou em uma imobilidade confortável, mas compreendeu as necessidades do seu tempo, porque viu o rosto de Cristo nos mais frágeis. O seu testemunho mostra aos jovens de hoje que a verdadeira felicidade se encontra colocando Deus em primeiro lugar e servindo-o nos irmãos, especialmente nos últimos”.

Acolhendo o dom de ser consciente da vida de Deus recebida no Batismo, ele foi capaz de compreender a fé não como a conquista de algo inatingível, mas sim como participação no amor de Deus. Isso explica por que sua caridade para com os pobres e a boa relação com os amigos e colegas não eram apenas boas ações, mas sim ocasiões de manifestar – por meio de sua humanidade – a amizade que cultivava com Jesus.

Uma missão de amor nos espaços digitais

Também o modo de lidar com as redes virtuais se tornou, para Carlo, ocasião de anúncio do que considerava essencial: a Palavra de Deus e o Pão da Vida, sua “estrada para o Céu”. Ele compreendeu que, para alcançar as pessoas hoje, era necessário entrar nos imensos ambientes digitais, sempre ao lado de Jesus.

Nesse sentido, o Papa Francisco, na Carta Encíclica Christus Vivit, escreve que Carlo “sabia muito bem que os mecanismos da comunicação, da publicidade e das redes sociais podem ser utilizados para nos tornar sujeitos adormecidos e dependentes do consumo”, mas que o jovem Beato “soube usar as novas técnicas da comunicação para transmitir o Evangelho e comunicar valores e beleza” (ChV, n. 105-106). Essa é uma de suas heranças: o convite para um uso ético e equilibrado das redes.

A beatificação

Com a Beatificação, Carlo tem muito a dizer ao mundo de hoje: em essência, a busca pela primazia de Deus na própria vida e a capacidade de compreender que existe uma realidade que vai além do mundo terreno e que se projeta na eternidade. Também tem o mérito de ter redescoberto, em nossa sociedade secularizada e enraizada no presente, que há outra dimensão a ser olhada. Desse modo, a Igreja oferece, ao mundo inteiro, o exemplo de Carlo como testemunha de Cristo. Essencialmente, a sua existência ensina que a santidade não tem idade e que é possível a todos, seja em qualquer cultura, raça ou língua.

Conheça a biografia do Beato Carlo Acutis
A biografia já encontra-se disponível para venda no site da Edições CNBB

da redação com informações da Edições CNBB

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email