Beato André Phû Yên: um exemplo para a juventude

Publicado em 26 de julho de 2020 Por Seja o primeiro a comentar!

Hoje, a Igreja faz memória do Beato André Phû Yên, um dos jovens citados pelo Papa Francisco na Exortação Christus Vivit. Segundo o Santo Padre, ele foi “um jovem vietnamita do século XVII, era catequista e ajudava os missionários. Foi preso por causa da sua fé e, por não querer renunciar a ela, assassinaram-no. Morreu, dizendo «Jesus»”. (CV, p. 54)

Quem foi?

Beato André nasceu em Phú Yên, no povoado de Annam, no Vietnã, em 1626. Foi o último filho de uma cristã chamada Joana. Seu pai morreu quando ele ainda era bebê, assim cresceu e foi educado por sua mãe.

Em 1641, aos quinze anos, foi batizado juntamente com sua mãe. No ano seguinte, André entrou para um grupo de colaboradores mais próximos do padre De Rodes, iniciando o curso de catequistas, numa Associação chamada “Maison Dieu” (A Casa de Deus). André distinguiu-se por sua espontaneidade e preparo, pela fé genuína e pelo compromisso evangélico.

Sua fé

Em 25 de julho de 1644, André foi levado ao mandarim, que tentou de várias maneiras fazer com que ele “desistisse da sua opinião insensata e desistisse da fé”. Mas ele respondeu que era cristão e estava pronto para suportar qualquer sofrimento para não abandonar a lei que professava. Ele pedia para as pessoas que rezassem para que Deus lhe desse a graça de ser fiel até o fim e “responder com plenitude de amor ao infinito amor de seu Senhor, que deu sua vida pelos homens”.

No dia seguinte, André foi levado para a audiência pública do governador, onde foi condenado à morte. Foi executado com alguns golpes de lança e, finalmente, quando estava prestes a ser decapitado com uma cimitarra, ele gritou o nome de Jesus em voz alta. André aceitou o sacrifício de sua vida pela fé e amor de Cristo. Ele tinha apenas 19 anos.

Beato André Phú Yên é um exemplo para a juventude. Desde muito cedo seguiu e honrou a Deus. Que possamos nos espelhar nele, na trajetória da fé. Rogai por nós!

Por Evelyn Graziele, redação Jovens Conectados

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais