Acre realiza encontro da Juventude Missionária

Publicado em 24 de setembro de 2019 Por Seja o primeiro a comentar!

Nos dias 13, 14 e 15 de setembro, a Diocese de Rio Branco (AC) sediou o 2º Encontro Regional da Juventude Missionária, que teve como tema “Batizados e enviados” e lema “Jovens missionários a serviço da missão no mundo”.

Estiveram presentes jovens do Regional Noroeste que vivenciaram dias intensos de espiritualidade e formação. O encontro teve a participação da Arquidiocese de Porto Velho, Prelazia de Lábrea, Diocese de Humaitá, Diocese de Guajará Mirim, Diocese de Ji-Paraná, Diocese de Cruzeiro do Sul e Diocese de Rio Branco, que  foi sede do encontro.

A formação teve início no dia 13 a noite com a acolhida, credenciamento e jantar, logo após o jantar todos foram convidados para participarem de um momento de oração conduzido pelos Jovens da diocese de Cruzeiro do Sul. A seguir, Dom Joaquín, bispo da Diocese de Rio Branco e Presidente do Regional Noroeste dirigiu-se aos jovens dando boas-vindas, falando sobre a importância do encontro e incentivando-os a serem protagonistas da missão.

A seguir, o Padre Roberto, pároco da paróquia Imaculada Conceição, que acolhia o encontro falou da sua satisfação em receber  o encontro e destacou a importância da Juventude na missão local e universal. O encontro foi assessorado pelo Padre Badacer Ramos de Oliveira Neto, Secretário Nacional da Pontifícia Obra da Propagação da Fé.

O sábado teve início com um momento de oração feito pelos Jovens da Diocese de Rio Branco, com a temática “amar sem fronteiras”,  os jovens trouxeram  símbolos missionários. Pe. Badacer deu início, dizendo que a Igreja se prepara para a vivência de um mês especial, o Mês Missionário Extraordinário, e que a participação dos jovens é fundamental.

Os grupos também ouviram testemunhos, como da  Irmã Rosa, serva de Maria de Galeazza, que fez uma experiência na Indonésia, em 2006. Padre Roberto, pároco da Paróquia Imaculada Conceição, Francês, pertencente a Sociedade dos Padres de São Tiago, da França,  que escolheu viver no Brasil, desde 1970. Nesse dia também houve o rosário missionário e uma noite cultural.

No domingo, dia 15, o encontro teve início com a celebração da Santa Missa. Os jovens  rezaram pelo Sínodo da Amazônia, e após um momento de espiritualidade, realizaram  o plantio de um pé de seringueira. Em seguida em uma caminhada pelas ruas de Rio Branco, distribuíram mais de 400 mudas, mostrando seu compromisso em defender a casa comum.

Por POM – Pontificias Obras Missionárias

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais