3 exemplos de vida de Padre Pio ditos pelo Papa Francisco

Publicado em 23 de setembro de 2020 Por Seja o primeiro a comentar!

O Papa Francisco visitou em março de 2018, o Santuário de Santa Maria das Graças em San Giovanni Rotondo, onde se deteve por alguns momentos em veneração e oração diante do corpo de São Pio de Pietrelcina. Francisco já havia venerado o corpo de Padre Pio durante a exposição na Basílica de São Pedro, em fevereiro de 2016, por ocasião do Jubileu da misericórdia.

Papa Francisco na capela de São Pio em Pietrelcina 2018 (Foto: Vatican Media).

Em seu discurso aos fiéis de Piana Romana, o Papa expressou sua alegria de poder visitar o lugar onde Francisco Forgione, – hoje São Padre Pio, – nasceu e iniciou sua longa e fecunda ação humana e espiritual. Deste discurso podemos retirar 3 exemplos de vida de “Padre Pio, filho do amor materno da Igreja”, ditos pelo Papa Francisco, para celebrar São Pio na data de sua festa litúrgica (23 de setembro).

1 – Ser comunidade

“Nesta comunidade, ele fortaleceu a sua humanidade, aprendeu a rezar e a reconhecer nos pobres o rosto do Senhor, que o levou abraçar a sequela de Cristo. Assim, pediu para fazer parte da comunidade dos Frades Menores Capuchinhos, onde se tornou Frei Pio de Pietrelcina. Ali, começou a experimentar a maternidade da Igreja, da qual foi sempre um filho devoto; meditou com intensidade o mistério de Deus”.

2 – A vida de oração
Pe. Pio passou por todo tipo de tribulação e tentação, que o levaram a uma vida de oração contínua e uma crescente confiança no Senhor, do qual se sentia interiormente atraído.

“Desta forma, Padre Pio imergiu-se na oração para aderir, sempre mais aos desígnios divinos. Por meio da celebração da Santa Missa, – que era o coração do seu dia e a plenitude da sua espiritualidade, – atingiu um elevado nível de união com Deus, do qual recebeu dons místicos especiais, que precederam os sinais da Paixão de Cristo em sua carne”.

3 – Ser instrumento do Amor
O Santo Padre falou à população de Pietrelcina e a elogiou por ter dado à Igreja uma das figuras mais belas e luminosas da sua comunidade. Padre Pio, um “humilde Frade capuchinho”, dedicou sua vida à escuta paciente dos irmãos.

“Ao imitar seu heroico exemplo e as suas virtudes, vocês também podem ser instrumentos do amor de Jesus entre os mais necessitados. Ponderando a sua fidelidade à Igreja, podem dar testemunho de comunhão, união e paz, que edificam e constroem”.

 

Com informações de Vatican News.

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais