Temas das próximas JMJs recordarão as virtudes de Maria

Publicado em 22 de novembro de 2016 Por Seja o primeiro a comentar!
28779244845_3328e83fec_o

Jovens do Panamá conduzem o ícone de Nossa Senhora em Cracóvia / Foto: Site oficial krakow2016

O Pontifício Conselho para os leigos, para a família e a vida, lançou neste terça-feira, 22, os temas das próximas Jornadas Mundias da Juventude, onde em 2017 e 2018, são a nível diocesano (no Brasil denominado JDJ – Jornada Diocesana da Juventude) e em 2019, a nível mundial. A celebração internacional, que será realizada em 2019, no Panamá, terá como tema “Eis aqui a serva do Senhor; faça-se em mim segundo a tua palavra” (Lc 1,38). Confira o comunicado.

Comunicado do Pontifício Conselho para os leigos, a família e a vida:
Temas das próximas Jornadas Mundiais da Juventude (2017-2019)

32ª Jornada Mundial da Juventude de 2017 – “Grandes coisas fez por mim, o Todo-Poderoso” (Lc 1,49)

33ª Jornada Mundial da Juventude de 2018 – “Não temas, Maria, pois achaste graça diante de Deus” (Lc 1:30)

34ª Jornada Mundial da Juventude de 2019 – (Panamá) “Eis aqui a serva do Senhor; faça-se em mim segundo a tua palavra“(Lc 1,38)

Estes são os temas escolhidos pelo Papa Francisco para o período da Jornada Mundial da Juventude dos próximos três anos, que culminará com a celebração internacional do evento, que será realizada no Panamá em 2019.

O caminho espiritual indicado pelo Santo Padre continua consistentemente a reflexão começou com as três últimas Jornadas Mundiais da Juventude (2014-16), com foco nas bem-aventuranças. Como sabemos, Maria é aquela que todas as gerações chamarão bem aventurada (cfr. Lc 1, 49). No discurso preparado para a reunião com os voluntários da JMJ em Cracóvia, o Papa Francisco, ilustrando as atitudes da mãe de Jesus, descreveu-a como um modelo a imitar. Deste modo, falando espontaneamente naquela ocasião, o Santo Padre convidou os jovens a se lembrarem do passado, a ter coragem para o presente e ser a esperança para o futuro.

Os três temas acima anunciados desejam, portanto, dar às próximas Jornadas Mundiais da Juventude, uma forte conotação mariana, recordando ao mesmo tempo a imagem de um jovem em uma viagem entre o passado (2017), o presente (2018) e futuro (2019), animando as três virtudes teologais: fé, esperança e caridade.

O caminho proposto aos jovens também mostra uma harmonia óbvia com a reflexão que o Papa Francisco confiou ao próximo Sínodo dos Bispos: a juventude, fé e discernimento vocacional.

Por Pontifício Conselho para os leigos, a família e a vida

Alegria da Pastoral Juvenil do Brasil

Para a Comissão Episcopal para a Juventude, é uma alegria poder celebrar as Jornadas Mundiais da Juventude, Pe. Toninho Ramos, Assessor Nacional da Comissão recorda que “nesses 3 anos o Papa propõe um caminho espiritual mariano. Os jovens  não param, por isso, esses três temas irão ajudar a juventude a percorrer esse caminho. Os temas  que serão trilhados são: caminhar olhando para o passado (2017), Caminho olhando para o presente (2018), e caminho olhando o futuro (2019). Os três pontos orientam os jovens a fazer memória do passado, ter coragem no presente e ter/ser esperança para o futuro. Esse caminho deve ser animado pelas três virtudes Teologais: Fé, Caridade e Esperança. Esse caminho também deve ajudar na preparação do Sínodo dos Bispos, que tem como tema: Os jovens, a fé e o discernimento vocacional. A Pastoral Juvenil da Igreja do Brasil em sintonia com o Papa Francisco animará todas as expressões juvenis presentes em todas as Dioceses do Brasil”.

Por Valesca Montenegro

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais