Sínodo dos Jovens: um caminho de impactos e que segue dando frutos!

Publicado em 19 de junho de 2019 Por Seja o primeiro a comentar!

Mais de 300 participantes, de todos os continentes, partilham os frutos do caminho sinodal, durante Fórum Internacional dos Jovens. (Foto: Laityfamilylife.va).

Assim foi o caminho do Sínodo dos jovens, impactante! Um trajeto que não para, pois as juventudes do mundo inteiro estão colhendo os frutos da experiência sinodal. Como forma de dar continuidade a este processo, o Dicastério para os Leigos, a família e a Vida, está promovendo o “Fórum internacional de jovens”, que teve início hoje, 19, e se estenderá até o dia 22 deste mês, contando com representantes de todos os continentes.

Na manhã desta quarta-feira, os participantes do evento, foram acolhidos pelo Cardeal Kevin Farrel, prefeito do Dicastério e pelo Cardeal Lorenzo Baldisseri. Após este momento, alguns jovens partilharam da experiências favorecidas pelo sínodo, em seus países. O brasileiro Lucas Galhardo foi um dos jovens que testemunhou sobre o processo sinodal.

O brasileiro Lucas Galhardo (à direita) pôde partilhar um pouco dos frutos do Sínodo no Brasil, no Fórum. (Foto: Laityfamilylife.va).

“Para mim, é um momento de encontro, de alegria e de partilha com mais de 300 jovens do mundo inteiro. Um grande momento de graça para a Igreja”, disse Lucas, em entrevista ao Jovens Conectados. “Minha grande expectativa é ver como estão repercutindo as conclusões do sínodo nos outros países e também levar as contribuições das realidade do Brasil”, concluiu.

A programação do dia, que trouxe para as discussões o tema “o caminho sinodal e seu impacto nas Igrejas locais”, contou ainda com grupos de trabalho que falaram sobre os frutos do sínodo nas várias realdades locais. A Santa Missa, presidida pelo Cardeal Lorenzo Baldisseri, encerrou as atividades desta quarta-feira, do Fórum Internacional dos Jovens.

Por Maurício Lucena, dos Jovens Conectados.

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais