Tudo que eu senti: A Virgem Maria e a espada de dor

Tudo que eu senti: A Virgem Maria e a espada de dor

O que Jesus sentiu em sua carne, a Virgem Maria sentiu em seu coração! Neste episódio da Série “Tudo que eu senti (TQS)”, vamos contemplar a dor da mãe, que vê o seu único Filho aniquilar-se, por amar toda a humanidade. Maria, que chora com ternura aos pés da cruz, recebe em seus braços o corpo do “seu menino”. Ele já não sofre mais, mas, a Senhora das dores, sente em seu coração que uma espada de dor é fincada, fazendo-lhe sentir o sofrer mais profundo.

Diz-nos o Papa Francisco que “far-nos-á bem parar um pouco e pensar na dor e nos sofrimentos de Nossa Senhora. Ela é a nossa Mãe. E como os carregou, como os suportou bem, com força, com choro: não era um choro falso, era precisamente o seu coração destruído pela dor. Far-nos-á bem parar um pouco e dizer a Nossa Senhora: ‘Obrigado por terdes aceite ser Mãe quando o Anjo te deu o  anúncio, e obrigado por teres aceite ser Mãe quando Jesus o disse'”.

Vendo a Mãe Santíssima chorar pela perda de seu único filho, o que sentimos nós? Também nos compadecemos das dores do outro? Sentimos em nós o seu sofrer? Que nós também desejemos nos unir aos sofrimentos de Cristo, que ainda padece nos que sofrem e que como a Virgem Maria, permaneçamos firmes na vontade de Deus.

Por Maurício Lucena, da Redação do Jovens Conectados.

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email