Pode apertar o play: as formações do INTEGRA 2020 estão disponíveis

Publicado em 14 de julho de 2020 Por Seja o primeiro a comentar!

Já estão disponíveis no YouTube as conferências do INTEGRA, encontro para líderes dos Setores Diocesanos de Juventude, realizado pela Conferência Episcopal Pastoral para a Juventude (CEPJ), da CNBB, no dia 04 de julho.

No primeira conferência, o Padre Toninho Ramos, sbd, falou sobre o histórico do Setor Diocesano de Juventude, a luz do Documento 85 da CNBB. O Sacerdote recordou a importância do SDJ para a evangelização dos jovens no Brasil e de como este espaço tem favorecido a comunhão e os serviços das várias expressões eclesiais que se dedicam as atividades juvenis.

“Eu digo que o Setor Juventude é o setor do amor, é o setor do evangelho, é o setor da esperança, é o setor da partilha, porque na vida da Igreja Particular, ali está o Setor Diocesano de juventude. Por isso que os Bispos do Brasil, nesse documento (Doc. 85), pensaram junto com as juventudes da época, que tivesse um setor, aonde ali os jovens pudessem dialogar com seu Pastor e fazer o Evangelho acontecer, em todas as expressões juvenis que ali habitam”, comentou Padre Toninho, em sua conferência.

Construindo uma Pastoral Juvenil Sinodal!

O tema da segunda conferência do INTEGRA, tratou do processo de Sinodalidade e contou com a assistência da Irmã Valéria Leal, apóstola do Sagrado Coração de Jesus e assessora interna da CEPJ. Irmã Valéria, recordou que, como fala do Papa Francisco na Cristus Vivit (206), é na valorização dos Carismas e no caminhar juntos, que a Pastoral Juvenil se torna sinodal.

“A Pastoral Juvenil, tem então que formar um caminhar juntos, ou seja, a palavra Sínodo já significa esse caminhar juntos, ela já indica isso. Então o que é que é esse caminhar juntos? Como que a gente faz acontecer isso nas nossas pastorais, lá nos nossos grupos, no setor juventude, que acaba sendo um pequeno sínodo de cada dia, que a gente vai vivenciando também?”, questionou a irmã Valéria, sobre o processo de sinodalidade, tão importante no SDJ.

Aplaudir todas realidades suscitadas pelo Espírito Santo

A segunda conferência do Integra, contou também com a participação de Dom Nelson Francelino, presidente da CEPJ. O Bispo relembrou que é preciso mergulhar no projeto IDE e manter o serviço para a comunhão, nos trabalhos com as juventudes.

“Que a gente aprenda a respeitar as especificidades de cada uma das expressões, mesmo que eu não goste do estilo… O que está aqui não uma questão de gosto! Mesmo que eu não me encontre nas expressões das PJs, mas eu tenho que bater palma para as PJs, por todas as suas iniciativas. Mesmo que eu não goste das expressões Movimentos e Novas Comunidades, eu tenho que na minha humildade, bater palmas pelo trabalho, pela presença e pelas iniciativas tomadas. Mesmo que eu não conheça, não me dê bem, não compreenda, a presença das Congregações, nós temos que bater palmas para as iniciativas de todos inspirados nas congregações religiosas. E assim com os Grupos Paroquiais, mesmo que eu não entenda, mesmo que eu me sinta um tanto questionado, ‘O que que é isso?’, ‘Como vai ser?’, nós não podemos negar a realidade que está colocada pelo Espírito Santo e aplaudir todas as iniciativas, todos os projetos dos grupos paroquiais, e assim por diante”, afirmou Dom Nelson, em sua fala no INTEGRA.

Compartilhe com seu Setor Diocesano da Juventude estas conferências tão ricas em conteúdo e em formação  para a evangelização juvenil. A missão do INTEGRA continua: Agora é você que precisa levar a força da comunhão e da unidade para os jovens do seu SDJ!

Por Maurício Lucena, da Redação do Jovens Conectados.

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais