O Papa nomeia brasileiro como novo secretário do Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida

O Papa nomeia brasileiro como novo secretário do Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida

Gleison de Paula Souza é o novo secretário do Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida. O brasileiro substitui o Pe. Alexandre Awi Mello que foi nomeado superior geral do Instituto Secular dos Padres de Schoenstatt.

O Papa Francisco nomeou secretário do Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida o brasileiro Gleison de Paula Souza, professor de Ensino Religioso na Escola de Ensino Médio “A. Vallone”, em Galatina, sul Itália. Ele substitui o brasileiro pe. Alexandre Awi Mello nomeado, em agosto passado, superior geral do Instituto Secular dos Padres de Schoenstatt.

Gleison de Paula Souza nasceu em 14 de maio de 1984, em Minas Gerais. Obteve o Bacharelado em Teologia na Pontifícia Universidade Salesiana de Roma, em 2015, e o Mestrado em Ciências Filosóficas, em 2019, na Universidade de Salento, em Lecce. De 2005 a 2016, foi seminarista da Congregação da Pequena Obra da Divina Providência. É casado e pai de duas filhas.

Senti que Deus me amava através das palavras do Papa Francisco

Em 2014, ele teve a oportunidade de enviar uma saudação por escrita ao Papa Francisco e recebe um telefonema do Papa, convidando-o para visitá-lo na Casa Santa Marta. Gleison narra suas impressões, ao expor para o Papa suas dúvidas: “Ele encorajou-me e paternalmente deu-me muitos bons conselhos. A sua palavra era um convite contínuo à misericórdia do Senhor. Perguntei se poderia me confessar e com sua resposta positiva abri novamente meu coração. Ele não me deu nenhuma resposta, mas me deixou livre para refletir, dizendo que está comigo. Me emociona saber que ele se preocupe em saber o que sinto, penso e espero. Senti que Deus me amava através das palavras do Papa Francisco.”Após o discernimento vocacional, Gleison deixa o seminário. Ele tem Bacharelado em Teologia na Pontifícia Universidade Salesiana de Roma, em 2015, e o Mestrado em Ciências Filosóficas, em 2019, na Universidade de Salento, em Lecce.

Um esposo e pai

É casado com Elisabetta Macrì, e pai de duas filhas. A partir de seu sim e a nomeação pelo Papa Francisco, é o Secretário do Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida, em lugar do, também brasileiro, Pe. Alexandre Awi Mello, que ocupava o cargo desde 2017 e foi eleito, neste ano, como novo superior geral dos Padres de Schoenstatt.

Foto: Arquivo Pessoal

O dicastério é presidido pelo cardeal norte-americano D. Kevin Joseph Farrell e é responsável, entre outras funções, pelo acompanhamento da Jornada Mundial da Juventude, que Lisboa vai receber em agosto de 2023.

O dicastério com sotaque brasileiro

Outra nomeação ao Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida: o padre brasileiro João Wilkes Rebouças Chagas foi nomeado Chefe de Departamento no mesmo Dicastério. Padre João há anos era responsável pelo Setor de Juventude, que acompanha todo o âmbito da pastoral juvenil, inclusive da organização das JMJs, as Jornadas Mundiais da Juventude. O Pe. João comentou a nomeação do Papa Francisco:

“Acredito que essa nomeação ponha em valor sobretudo a importância da pastoral juvenil, do trabalho com os jovens que o documento final do Sínodo de 2018 – sobre os jovens, a fé e o discernimento vocacional – considera uma prioridade pastoral episcopal. Assim, a juventude, a pastoral juvenil, é uma prioridade pastoral episcopal para a Igreja. O que essa nomeação significa para além disso? Ainda preciso conversar melhor com os meus responsáveis e, no dia a dia, ir entendendo. Acho que o nosso caminho e o caminho que eu procuro fazer também com os responsáveis nacionais de Pastoral Juvenil de todo mundo é esse caminhar juntos, esse caminho sinodal, de caminhar juntos para deixar Jesus se colocar no nosso meio e vai sendo Ele mesmo que se dá a nós como sentido das nossas vidas e de cada realidade nova que vai acontecendo na nossa história. Então, Ele mesmo será o sentido. E Ele mesmo dará o sentido a tudo isso.”

 

Gratidão 

A Comissão Episcopal para a Juventude CNBB agradece ao padre Alexandre Awi Mello, por sua paterna presença junto as juventudes do Brasil, bem como por seu serviço como secretário no Dicastério para os Leigos, a Família e Vida, durante estes últimos anos em comunhão com o Sucessor de Pedro, em favor de toda a Igreja. Desejamos um ministério frutuoso nesta nova responsabilidade que lhe foi confiada, como superior geral do Instituto Secular dos Padres de Schoenstatt.

Ao padre João Wilkes Rebouças Chagas, chefe de Departamento no mesmo Dicastério, assim como ao Gleison de Paula Souza, secretário, nossa prece e colaboração. Que Nossa Senhora Aparecida, a jovem Maria de Nazaré, os abençoe.

 

Fonte de informação da nomeação: Vatican News

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email