O exército de jovens fora da Igreja, como se aproximar dele?

Publicado em 17 de março de 2014 Por 1 Comentário

A fotografia dos jovens no Brasil continua em evolução. Somos um país de jovens com mais da metade da população com menos de 36 anos. Fazem parte dessa maioria nove milhões e 600 mil jovens brasileiros que não estudavam nem trabalhavam em 2012, segundo o IBGE. Eles são chamados de “geração nem-nem”, porque nem estudam, nem trabalham.

Um em cada cinco jovens, entre 15 e 29 anos, faz parte da “geração nem-nem” e a maioria mulheres, muitas delas com filhos. Outra tendência revelada pela pesquisa é que os jovens preferem morar com os pais. Um em cada quatro compõe a chamada “geração canguru”, uma situação cada vez mais comum nas famílias brasileiras.

Em outra pesquisa do Data Popular do ano passado, a indicação é que menos da metade dos brasileiros entre 16 e 24 anos é católica. Segundo o levantamento, 44,2% dos jovens entrevistados se declararam católicos, 37,6% protestantes/evangélicos, 6,7% de outras religiões e 11,5% afirmaram não possuir religião.

Então o que dizer a esses jovens que se afastaram ou estão distantes da Igreja? Sobre isso a Rádio Vaticano conversou com o Fundador da Comunidade Shalon, Moysés Azevedo. Confira a entrevista neste Link.

Fonte: Rádio Vaticano

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais