Escola de Formação de assessores na Arquidiocese de Belo Horizonte/MG inicia primeira etapa

Escola de Formação de assessores na Arquidiocese de Belo Horizonte/MG inicia primeira etapa

A primeira etapa da Escola de Formação de assessores e assessoras para as Juventudes na Arquidiocese de Belo Horizonte/MG aconteceu no dia 27 de fevereiro. O encontro faz parte de um processo de formação composto por 5 etapas com objetivo de formar as pessoas que já acompanham ou que pretendem acompanhar a caminhada dos Grupos de Jovens. O encontro foi virtual e contou com a participação de Dom Joaquim Mol, bispo para a Região Episcopal Nossa Senhora da Esperança – RENSE, em Belo Horizonte.

Na acolhida ao grupo, Dom Mol destacou a importância dos jovens na vida da Igreja. “Vocês são extraordinariamente amados por Deus, porque nós sabemos o quanto é importante vocês caminharem e o quanto é importante vocês irem assumindo com toda bondade, alegria e bom humor, com senso de compromisso muito grande, as rédeas do mundo. Essa história de amor entre vocês e o Cristo vai render e render muito”.

A Escola de Formação de Assessores e Assessoras para as Juventudes é uma iniciativa dos jovens da Região Episcopal Nossa Senhora da Esperança em parceria com a Pastoral da Juventude da Arquidiocese de Belo Horizonte e o Centro de Cursos de Capacitação para a Juventude de São Paulo.

Os encontros são baseados no livro “Assessor adulto e coordenador jovem: uma parceria invencível” do padre Jorge Boran que é o assessor da Escola de Formação.

No primeiro encontro Padre Jorge Boran ressaltou a importância do assessor na caminhada do grupo de jovens, o papel desempenhado e os diferentes tipos de assessores.

O grupo participante receberá o livro utilizado na formação, além do certificado ao final dos cinco encontros.

> > > Formação de Líderes Jovens também já começou

Serão 6 encontros na esteira dos livros “Nas trilhas dos Grupos de Jovens” e a cada domingo será refletido um tema. Assim como no ano passado, tudo ocorrerá em formato de Lives e os formadores vão responder às questões enviadas para o @juventudesrense e também às interações no chat ao vivo. Em tempos difíceis o levante dessa juventude é uma necessária esperança para que ninguém se perca. A Igreja é Viva e Jovem! Façamos deste lema uma verdade próxima de nós!

Por: Cícera Botelho – Arquidiocese de Belo Horizonte.

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email