Equipes de Jovens de Nossa Senhora se reuniram em Aparecida para peregrinação anual do movimento

Equipes de Jovens de Nossa Senhora se reuniram em Aparecida para peregrinação anual do movimento

Entre os dias 12, 13 e 14 de novembro, cerca de 70 equipistas se reuniram no Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, em São Paulo, para a peregrinação anual do movimento. A programação contou com momentos de formação, oração, terço, interequipes e períodos livres para conhecer o Santuário e as atrações ao seu redor.

Como faz refletir o fundador do carisma, Padre Caffarel: “É preciso notar bem que o Espírito Santo não foi dado a cada apóstolo isolado, estando um na rua, outro no templo, outro em sua própria casa. O Espírito Santo deu-se à equipe dos apóstolos.”

Pensando nisso, equipistas de seis regionais se reuniram na casa da Mãe Aparecida, para que Ela pudesse levar até o Seu Filho Jesus, as súplicas e orações pelas Equipes de Jovens de Nossa Senhora, para que continuem a crescer e alcançar cada vez mais jovens no Brasil e no mundo. Amazonas, Paraíba, Distrito Federal, São Paulo, Rio de Janeiro e Paraná foram alguns estados representados nesta peregrinação.

Para alguns, a peregrinação começou bem antes de nos encontrarmos no Hotel Portal dos Devotos, onde ficamos hospedados durante a peregrinação. O Thiago Calixto, da Regional 7 • Setor Campina Grande, passou por diversas provações até se encontrar com os demais equipistas. Ele e seu irmão de equipe, Gustavo Menezes, tiveram o voo cancelado, mudaram de cidade para pegar outro voo, e só chegaram ao destino final após 26h de peregrinação.

“Foi um ensinamento muito bom para a gente, pois pensávamos que iríamos perder o sábado todo de atividades por conta dos problemas. Chegamos já no jantar, cansados e queríamos descansar. Assim que amanheceu o domingo, nos reunimos com os demais equipistas e ver os olhares e os sorrisos foi muito bom. Com a participação na missa, tivemos o pontapé inicial para começar de fato a nossa peregrinação na casa da Mãe. Tudo que aconteceu serviu para eu lembrar do amor pelo movimento, o que é ser equipista e a importância do movimento na minha vida”, disse.

Thiago relembra ainda a ajuda que teve de um casal, que foram até o aeroporto buscá-los para conseguirem chegar ao Santuário. O zelo, o cuidado e acolhimento, chamaram a atenção de Thiago, que se emocionou lembrando desse momento.

“Ali eu entendi o motivo pelo qual somos um, porque Maria olha por nós e por tudo. Reacendeu em mim a chama que já estava acesa, pois consegui entender no olhar, no gesto, nas ações de cada um, o porque somos chamados de Equipes de Jovens de Nossa Senhora, porque o objetivo é o mesmo, a busca pelo céu é o mesmo, mas cada um com o seu jeito, juntando qualidades e defeitos, buscam juntos o ceú!”, finaliza Thiago.

Um dos momentos mais marcantes da Peregrinação foi a oração do TIMEOUT no Campanário de Aparecida. São 13 sinos, que representam 12 apóstolos + a Virgem Maria (de Aparecida). Eles tocam em determinados horários e aproveitamos que tocaria às 18h, para fazer nossas orações em equipe. Um momento de muita fé, unidade e comunhão com todos os equipistas do mundo.
Encerramos nossa peregrinação com a troca do responsável nacional. Rainer Branco passou o bastão do próximo ano para Henrique Tadeu Ramos, novo responsável nacional eleito no período 2023/2024. Rainer assume um novo desafio, e será o responsável internacional do movimento até 2024. Rezemos para que tenham um coração aberto para discernir a vontade do Pai.

As Equipes de Jovens de Nossa Senhora

Nas Equipes de Jovens de Nossa Senhora, cada equipe é formada por jovens que, com a finalidade de aprofundar a comunhão humana através da ajuda mútua e com o seu testemunho pessoal, se empenham em crescer em conjunto através da oração, da escuta e meditação da palavra, pontos de esforço, partilha, missão na sociedade e na família e participação da vida em equipes.

Nossa Senhora é o nome que trazemos por herança nas nossas Equipes. Com ele recebemos a vontade de querer cada vez mais dar a Maria o lugar que é seu no mistério de Cristo.As EJNS puseram-se sob a proteção de Maria, Mãe de Deus, exprimindo com a mesma confiança, o desejo de amar cada vez melhor e a certeza de receber pela sua mediação uma fé mais profunda, uma entrega mais sincera à luz do Espírito Santo e um amor mais fiel à Igreja.A vida de Equipe desenvolve valores humanos de que Maria é o modelo: amor, disponibilidade, paciência, confiança, fé, ajuda mútua e perseverança.Como o Sim de Maria deu sentido à história da humanidade, o nosso sim também se torna participação ativa na Obra da Salvação.

Para conhecer mais sobre o movimento acesse: https://www.ejnsbrasil.com.br/as-ejns/o-movimento

 

Por Maciel | Equipes de Jovens de Nossa Senhora
Comunicação • Secretariado Nacional

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email