Coordenação da Pastoral Juvenil Nacional e Equipe de Comunicação reúnem-se em Brasília-DF

Publicado em 25 de agosto de 2019 Por Seja o primeiro a comentar!

A Coordenação da Pastoral Juvenil Nacional (CPJN) e a Equipe Jovem de Comunicação, que pertencem a Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude (CEPJ) estiveram reunidas no Centro Cultural Missionário, em Brasília-DF, dos dias 23 a 25 de agosto para discutir o trabalho realizado no primeiro semestre de 2019, e para planejar as próximas atividades.

O encontro teve a assessoria e a orientação do Pe. Antônio Ramos do Prado, assessor nacional da Juventude, além do acompanhamento dos Bispos referenciais para Juventude da Comissão, Dom Nelson Francelino Ferreira, Bispo de Valença-RJ, Presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude; Dom Antônio de Assis, Arcebispo auxiliar de Belém-PA e Dom Amilton Manoel, Bispo Auxiliar da Arquidiocese de Curitiba.

A reunião teve início na noite de sexta-feira, dia 23, com a acolhida e apresentações dos membros, e ainda a apresentação das pautas que seriam tratadas no decorrer do final de semana. Dentre elas, destaques para o Sínodo da Amazônia (06 a 27 de Outubro de 2019) e terá como tema: “Amazônia: novos caminhos para a Igreja e para uma ecologia integral”, e o Sínodo da Juventude.

A serviço da Igreja no Brasil

Sempre durante as reuniões, além das atividades conjuntas entre a CPJN e a Equipe Jovem Comunicação, há momentos em que as equipes se dividem para se organizarem de acordo com as demandas de trabalho. Segundo a articuladora da Equipe de Comunicação, Layla Kamila, esses momentos são muito importantes, pois, além do trabalho técnico, servem como crescimento pessoal e profissional,  “na equipe de comunicação todos são jovens profissionais voluntários que doam seu tempo à serviço da Igreja e da Juventude  do Brasil,  esse contato pessoal gera comunhão, laços de fraternidade, o trabalho é consequência da vivência eclesial de cada um”.

A reunião em conjunto aproxima as duas equipes e permite a troca de ideias e opiniões acerca da evangelização da juventude, visto que são jovens de várias regiões do Brasil e de expressões diferentes, cada um numa realidade de missão, mas que buscam o mesmo caminho em comunhão e unidade.

Para Carlos Wilker, da Mílicia da Imaculada, que foi representante dos Movimentos na coordenação de jovens, nos últimos 3 anos, esse encontro tem sabor de despedida, ele deixa a Comissão e dá lugar a outro jovem: “Gratidão! Tudo o que fazemos é pequeno diante da missão que temos a cumprir e que mesmo sendo um gesto pequeno ecoa. É um trabalho de formiguinha extremamente importante, é preciso estar disposto a ouvir e dar vozes aos Movimentos,” disse.

Por Valesca Montenegro, redação Jovens Conectados

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais