Assessores diocesanos juvenis se reúnem em Brasília

Publicado em 1 de dezembro de 2014 Por Seja o primeiro a comentar!

destaque-site

Neste final de semana, a capital federal sediou o Encontro de Responsáveis Diocesanos da Evangelização da Juventude e Assessores das Expressões Juvenis. O encontro aconteceu no Centro Educacional Maria Auxiliadora (CEMA), e os cerca de cem participantes viveram momentos de formação, partilha e discussão sobre o trabalho realizado com a assessoria de juventude das diversas expressões. O encontro foi uma oportunidade para estabelecer maior diálogo entre os representantes das expressões juvenis. A missa de abertura foi presidida na quinta-feira (27) por Dom Antônio Altieri, arcebispo de Passo Fundo (RS), concelebrada pelos membros da Comissão para a Juventude, da CNBB – Dom Eduardo Pinheiro da Silva, Dom Bernardino Marchió, Dom Vilson Basso –, por Dom José Luiz Magela Salgado, bispo de Pouso Alegre (MG), Dom Antônio Emídio Vilar, bispo de Cáceres (MT), Dom Wilson Tadeu Jonck, arcebispo de Florianópolis (SC), e também pelos padres presentes. Em sua apresentação, o presidente da Comissão para a Juventude, Dom Eduardo Pinheiro, retomou a memória e o processo de Revitalização da Pastoral Juvenil no Brasil. Ele recordou o percurso desde o Documento 85, passando pelo Ano da Juventude, o encontro de revitalização da Pastoral Juvenil em 2013 e sua importância no processo de construção da unidade entre as expressões. Lembrou também as três urgências levantadas pelos participantes do encontro de revitalização: Missão, Assessoria e Estrutura de Acompanhamento. Para avaliar o que foi feito, os diversos grupos de trabalho tiveram a oportunidade de analisar os trabalhos desenvolvidos nos regionais e pelas expressões. O assessor da Comissão para a Doutrina da Fé, da CNBB, monsenhor Antônio Catelan, fez uma explanação dos principais elementos dos dois últimos documentos da CNBB que abordam o protagonismo dos leigos, da vida nas paróquias (Documento 100 e o Estudos 107) e a importância das Pastorais da Juventude, Congregações, Novas Comunidades e Movimentos para a Igreja. Dom Vilson Basso, arcebispo de Floriánopolis, ressaltou que “a vida cristã é um processo. Vai além de buscar resultados, é valorizar a caminhada e não o horizonte”. Durante o encontro, nos momentos em que todos estavam reunidos no auditório, foram apresentados alguns projetos, como o “Juventude e Aparecida”. Dom Majella explicou o projeto, cujo nome original é “300 anos de bençâos: com a Mãe Aparecida, juventude em missão”. A iniciativa, de uma celebração especial durante o aniversário de Nossa Senhora Aparecida, “é fruto dos impactos positivos criados pela JMJ Rio 2013 e quer desenvolver as urgências apontadas durante o Encontro de Revitalização”, aponta. Ainda segundo o bispo, a iniciativa estimula o protagonismo jovem. Avaliação Para o representante das novas comunidades na Coordenação da Pastoral Juvenil Nacional, Anderlon Mendes, este encontro foi importante para o esclarecimento das diversas dúvidas no trabalho de Evangelização da Juventude, esclarecidos pelas partilhas das experiências dos participantes e palestras, ajudando a um olhar mais horizontal, consciente e maduro. Já Taísa da Silva, membro da Pastoral da Juventude do Meio Popular de Goiânia (GO), avalia que o encontro foi muito positivo, pois “a fala das diversas expressões foi garantida e isso foi um passo importante para a construção do diálogo entra

as diversas expressões de juventude”. Maurício Stanzani, representante das congregações na Coordenação, afirma que esse é um momento de estruturação de uma pastoral juvenil a nível local, diocesano, para que ela possa estar mais próxima da vivência dos jovens e acolher seus anseios. Renato Rocha, da Equipe de Subsídios, da CNBB, pensa que, com o encontro, “a Igreja se prepara e se capacita para uma evangelização cada vez mais plena da Juventude”. O presidente da Comissão para a Juventude finaliza: “A resposta que o grupo deu foi bastante significativa, porque retomamos o que foi definido e refletido em dezembro do ano passado. Este espaço de comunhão fortalece sonhos comuns e desejos de atingir as bases. O encontro proporcionou a aquisição de conhecimentos e materiais que vão contribuir para a evangelização da juventude na base.” Confira as fotos do encontro.   Por Valesca Montenegro

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais