24 horas de um sim: jovens que vivenciam o chamado de Deus

24 horas de um sim: jovens que vivenciam o chamado de Deus

Vinícius é um jovem frade franciscano. Amanda é enfermeira e dedica-se na paróquia como ministra da Sagrada Comunhão e na Pastoral da Comunicação. Juliane é professora e consagrada em uma comunidade de aliança. Convidamos esses três jovens para que compartilhassem seu testemunho de como respondem ao chamado de Deus no cotidiano, da hora que acordam à hora de irem novamente para a cama. Como religioso, como consagrada, como leiga…

Na exortação pós-sinodal Christus Vivit, Papa Francisco sublinha que os dons de Deus são interativos e, para apreciá-los, “há que colocar tudo em jogo, é preciso arriscar”. (CV, p.289). Sim, o dom da vocação é um presente exigente.

Muitas são essas respostas dos jovens ao presente de Deus. A vocação não é um dever imposto por outro de fora, mas “algo que te estimula a crescer e optar para que esse presente te amadureça e se transforme em dom para os outros. Quando o Senhor suscita uma vocação, não apenas pensa no que és, mas em tudo o que, junto a Ele e os outros, virá a ser”. (CV, p.289)

Confira!

 

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email