Reflexões diárias do Sínodo – 04 de outubro | A realidade juvenil

Publicado em 4 de outubro de 2018 Por Seja o primeiro a comentar!

 

A realidade juvenil no mundo foi destaque nas atividades de ontem, dia 4 de outubro, no Sínodo dos Jovens. Ouvir o jovem, compreender a realidade e o sofrimento da juventude, em especial dos jovens migrantes e desempregados, foi um apelo do Papa Francisco. Entre os bispos que fizeram intervenções, estava Dom Vilsom Basso, presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude da CNBB. Nosso assessor da comissão, Pe. Antônio Ramos do Prado, sdb, traz para a gente um resumo do dia para que todos fiquem #ConectadosNoSínodo. Confira!

Reflexões diárias do Sínodo |  04/10/2018

Realidade Juvenil – por Pe. Antônio Ramos do Prado, sdb.

O primeiro dia do Sínodo foi marcado por mais de 60 intervenções. Essas intervenções dos sinodais estavam na linha da realidade em que se encontra os jovens em seus continentes. O Papa propôs uma metodologia muito interessante que era a cada 4 intervenções havia um momento de silêncio para meditar sobre as realidades e buscar iluminações.

Os jovens sofrem com o mundo do desemprego. Muitos jovens do terceiro mundo são obrigados a deixar o país e a família para  emigrar em busca de uma vida melhor. Desses, a maioria trabalha para ajudar a família que ficou na sua terra de origem.

Deixar a pátria é sempre um processo doloroso, pois significa deixar família e os amigos. Depois enfrentar a outra cultura com línguas e costumes diferente. Nesse espaço há sempre discriminação e luta pela sobrevivência. Muitos jovens não conseguem mais voltar para visitar a família. Sofrem a solidão e precisam forçadamente refazer a vida.

 Muitos sinodais falaram hoje da importância de escutar os jovens. A escuta foi a proposta que o Papa Francisco fez em todo processo preparatório do Sínodo. Dessa forma, os sinodais percebem esse é o caminho que a Igreja precisa trilhar. Sabemos que Jesus Cristo andou por todos os lugares escutando o povo e ao mesmo tempo dando respostas possíveis ãs diversas realidades – entre elas a cura dos doentes.

Rezemos para o dia de amanhã. Que o Espirito Santo continue iluminando o Papa e os sinodais para que seja feita a vontade de Deus. Reze uma Ave Maria hoje para os sinodais.

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais