O Que é a Doutrina Social da Igreja?

Publicado em 30 de novembro de 2016 Por Seja o primeiro a comentar!

seja-um-voluntc3a1rio-680x330

“A Revelação Cristã leva a uma compreensão mais profunda das leis da vida social”, diz o Catecismo da Igreja Católica, e acrescenta:“A Igreja recebe do Evangelho a revelação plena da verdade sobre a pessoa humana” (n.2419). Isto significa que o ensinamento da Igreja sobre o agir humano no mundo encontra sua fundamentação na auto revelação de Deus. O ponto de partida é a fé em Deus que é Criador de todas as coisas visíveis e invisíveis; que nos criou a sua imagem e semelhança, dando-nos o poder de governar a terra: “Sede fecundos, multiplicai-vos e governai a terra”(Gn 1,28). A senhoria que exercemos sobre a vida é uma senhoria participada, isto é, cuidar (governar) do mundo conforme a vontade do Criador.

docat

|| Adquira o DOCAT em português no site das Edições CNBB.

Jesus Cristo é a plenitude da revelação de Deus. Nele, encontramos o pleno cumprimento da Lei e dos Profetas (AT); enxergamos a norma do amor que faz novas todas as coisas. Ele é esperado como o libertador, príncipe da paz, aquele derruba dos tronos os poderosos e eleva os humildes; que nasce e viveu entre os mais pobres; na missão manifestou preferência pelos empobrecidos e injustiçados; ensinou às multidões a partilhar e a pôr em Deus sua esperança; determinou aos discípulos buscarem, em primeiro lugar o Reino de Deus e sua justiça; criticou as autoridades por não serem servos de todos e, sobretudo, se apresentou como servo: “O Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate de muitos”(Mc 10,45). Isto tudo nos faz ver que Jesus Cristo, em pleno cumprimento da Lei e dos Profetas, é o fundamento do agir social da Igreja ontem, hoje e sempre.

As atitudes de Jesus frente aos problemas sociais do seu tempo nos indicam a moralidade social do agir cristão no mundo. Ele enfrentou a questão da injustiça social, indicando uma conduta ética proveniente da fé Nele e da fé Dele, focando na construção do Reino de Deus: “Buscai, em primeiro lugar, o Reino de Deus e sua justiça”(Mt 6,33).

Chamamos de ensinamento social da Igreja (Doutrina Social) os princípios de reflexão, os critérios de juízo e a orientação para a ação, que o magistério da Igreja tem atualizado ao longo dos tempos. Nos primeiros séculos da Igreja (Patrística) encontramos um farto ministério social baseado em três núcleos fundamentais: a vida e sua dignidade, o destino universal dos bens da terra e o direito dos pobres.

A lei de Cristo é o amor, norma suprema da caridade (1Cor 13). Todo Evangelho revela o desejo de Deus de uma humanidade reconciliada no amor. Jesus é apresentado pelo evangelista Lucas como o ungido do Pai que vem para evangelizar os pobres, libertar os cativos e proclamar o tempo da graça (Lc 4,18-19). A defesa e promoção da vida e de sua plena dignidade é imperativo ético que, como um fio de ouro, perpassa toda história da salvação.

|| Confira o site do DOCAT para os brasileiros.

1383954_248274798655831_1633591078_n

 

Por Padre
Elias Ramalho,
Mestre em

Teologia Moral

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais