Como rezar o Terço?

Publicado em 28 de maio de 2019 Por Seja o primeiro a comentar!

Durante vários séculos a Igreja Católica dedicou todo o mês de maio para honrar a Virgem Maria, Mãe de Deus. Através do terço, com a repetição das Ave-marias, nos adentramos nos Mistérios da vida de Cristo e aprendemos a olhar o acontecimento salvífico a partir do Coração Imaculado de Maria.

Papa Francisco diante da imagem peregrina na Nossa Senhora de Fátima durante a JMJ Panamá 2019.

Recentemente foi lançado o livro “Ave Maria“, onde o Papa Francisco aborda o mistério de Maria percorrendo verso por verso da oração Ave-Maria num diálogo vivo e fecundo com Padre Marco Pozza, teólogo e capelão do Presídio de Pádua (norte da Itália). Confira um trecho do livro:

No segundo verso da Ave-Maria dizemos “o Senhor é convosco”. Penso que, para Maria, Deus não é uma ação intelectual, mas uma busca e, como toda busca, é inquieta, e até mesmo perigosa. E eu gosto disso porque dizer “o Senhor é convosco” é um pouco como um complemento de companhia, é como dizer: “Veja que no seu coração está acontecendo uma história de amor com Deus”. No entanto – penso muitas vezes – em toda história de amor, com o amor e a surpresa vem também o medo. Podemos ter medo quando Deus bate à porta e nos chama para uma aventura?

Claro, isso é um bom sinal. Se um jovem de hoje em dia, uma garota de hoje, escuta um chamado especial do Senhor e não tem medo, significa que algo está faltando, fico com uma certa dúvida. Em vez disso, quando, com o entusiasmo por esse chamado, se experimenta também o medo, então se pode ir em frente, porque Deus chama para coisas grandes e, se formos sinceros, reconheceremos nossa pequenez: é normal, é humano ter medo de se enganar, e temer – no caso dos jovens que sentem o chamado para seguir Jesus mais de perto, na vida consagrada, no sacerdócio, e também no matrimônio comme il faut [como deve ser] – que esse chamado que se repete no tempo seja uma fantasia, uma ilusão. Há um medo aberto e um medo fechado. O medo fechado é aquele que faz de você um escravo: você se torna filho dele. Esse medo não serve, não deixa você crescer. O aberto é o santo temor de Deus. Tenho medo, tenho temor, mas vou adiante experimentando ao mesmo tempo medo e segurança.

 

Na hora de tomar uma decisão, algumas pessoas costumam dizer: “Não tenha medo, estou ao seu lado, faço companhia a você”. Mas no momento crucial da decisão a pessoa se encontra tremendamente sozinha. Naquele dia, naquela sala, Maria estava sozinha com Deus. Papa Francisco, confesso que, quando penso em Maria, logo me recordo precisamente da figura do papa, quando deve tomar uma decisão diante de Deus e diante da Igreja. Penso que o senhor é a pessoa mais solitária de todos os solitários do mundo, e gostaria de lhe perguntar: como fazer para não sucumbir sob o peso de semelhante medo?

Não apenas o papa: muitos homens e mulheres, em momentos difíceis da vida, têm que fazer uma escolha. Uma boa decisão é tomada graças aos conselhos, consultando as pessoas, mas no momento decisivo você está sozinho diante do Senhor. Maria estava sozinha naquele momento: se assusta, no começo não entende bem, pois jamais havia imaginado um chamado desse tipo, manifesta suas próprias dificuldades. No entanto, quando recebe a explicação, então vai adiante: sozinha, mas com o Senhor. A coragem de uma garota que, depois de ter compreendido o que se espera dela, aceita prosseguir.

Quer conhecer mais e se aprofundar no conhecimento da oração “Ave Maria”? Acesse o link e conheça mais sobre o livro comentado pelo Papa Francisco.

Aprenda a rezar o Santo Terço

Ilustração: aleteia.org

A partir da cruz, siga as orações na sequência indicada

  1. Inicia-se segurando pela cruz, com a oração do Creio
  2. Reza-se um Pai-Nosso, seguido de três Ave-Maria
  3. Recita-se: Glória ao Pai, ao Filho…
  4. O terço possui 5 dezenas. A cada dezena contempla-se o mistério, seguido de 1 Pai-Nosso e 10 Ave-Maria
  5. Ao final de cada dezena reza-se Glória ao Pai seguido da jaculatória Oh! meu bom Jesus…
  6. Ao concluir as 5 dezenas, reza-se os agradecimentos

Segundo a prática corrente na Igreja:

As segundas-feiras e os sábados são dedicados aos mistérios da alegria – “gozosos”:
1º mistério: Anunciação do anjo a Maria
2º mistério: Visitação de Maria a Santa Isabel
3º mistério: Nascimento do Menino Deus
4º mistério: Apresentação de Jesus no Templo
5º mistério: Perda e encontro de Jesus

As terças e sextas-feiras são dedicadas aos “mistérios da dor”:
1º mistério: Oração e agonia de Jesus no Getsémani
2º mistério: Flagelação de Cristo
3º mistério: A coroação de espinhos
4º mistério: A subida ao Calvário
5º mistério: A morte na cruz

As quarta-feiras e os domingos são dedicados aos “mistérios da glória”:
1º mistério: Ressurreição do Senhor
2º mistério: A ascensão de Jesus
3º mistério: Pentecostes – A vinda do Espírito sobre Maria e os apóstolos
4º mistério: Maria assunta aos céus
5º mistério: Maria coroada Rainha dos anjos e dos santos

A quinta-feira é dedicada aos “mistérios da luz”.
1º mistério: Batismo de Jesus no Jordão
2º mistério: Milagre de Jesus nas bodas de Caná
3º mistério: Anúncio do Reino de Deus com um convite à conversão
4º mistério: Transfiguração do Senhor
5º mistério: Instituição da Eucaristia

Abaixo seguem as orações do Santo Terço:

Creio

Creio em Deus Pai Todo-Poderoso, criador do céu e da terra, e em Jesus Cristo, Seu único Filho Nosso Senhor, que foi concebido pelo poder do Espírito Santo, nasceu da Virgem Maria, padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado; desceu à mansão dos mortos, ressuscitou ao terceiro dia, subiu aos céus, está sentado à direita de Deus Pai Todo-Poderoso, donde há de vir a julgar os vivos e mortos. Creio no Espírito Santo, na Santa Igreja Católica, na comunhão dos santos, na remissão dos pecados, na ressurreição da carne e na vida eterna. Amém.

Pai-Nosso

Pai nosso que estais nos céus, santificado seja o Vosso nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje e perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido. Não nos deixeis cair em tentação, mas nos livrai do mal. Amém.

Ave-Maria

Ave-Maria, cheia de graça! O Senhor é convosco e bendita sois vós entre as mulheres. Bendito é o Fruto do vosso ventre, Jesus. Santa Maria Mãe de Deus, rogai por nós, os pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.

Glória ao Pai

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo. Assim como era no princípio, agora e sempre, e por todos os séculos dos séculos. Amém.

Salve Rainha

Salve Rainha, Mãe de misericórdia, vida, doçura e esperança nossa, salve! A vós bradamos os degradados filhos de Eva. A vós suspiramos, gemendo e chorando neste vale de lágrimas. Eia pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei. E depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto de vosso ventre. Ó clemente! Ó piedosa! Ó doce sempre Virgem Maria! Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém.

Dica Digital 

“Rezem o Terço todos os dias” (Nossa Senhora, 13 de Maio de 1917).

A tecnologia pode ser nossa aliada na evangelização, como exemplo, podemos rezar o rosário online através das plataformas digitais meditando assim cada mistério da vida de Cristo.

/tags

/leia mais

/deixe seu comentário

/redes-sociais

/siga nossas redes sociais